PESQUISE AQUI








Pesquisa personalizada






Mostrando postagens com marcador bebidas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bebidas. Mostrar todas as postagens

6 de mai de 2017

enguia defumada

-->


Enguia defumada - peixes útil com um sabor único.Como cozinhar a enguia defumada em casa e que ela pode fazeruaria com alta sabor e qualidades nutricionais.

suave carne, doce deste peixe tem uma massa de características úteis e é altamente considerado no mundo da culinária.

Enguia fumada - princípios gerais para a preparação

Acne é o mar eo rio.Ambos os tipos têm um sabor agradável e comido ativamente.peixe fumado é preparado saladas, lanches e outros pratos.Também em lojas podem ser encontrados a enguia fresca, refrigerada ou congelada.Para home-fumado é melhor não usar um produto que tenha sido congelada.
antes de fumar é importante para remover da superfície Todas as enguias lodo.Ela não só estraga o sabor, mas também a aparência, e no processo de preparação pode originar o produto cinzento e desagradável à vista.Muco pode ser removido com uma faca, papel, areia grossa ou sal.
Como quaisquer outros produtos, antes de cozinhar enguia marinada é necessária.Para este efeito, especiarias, sal.bem prosolit peixes desejável que foi deixado dentro do ichor.
coptas enguia pode ser tant
o frio e processo quente.Em casa, você pode usar tanto equipamento convencional e elétrica.Os peixes são pendurados em ganchos ou dispostas em grades.O tempo de cozedura depende da temperatura e do tamanho do peixe.Você pode cozinhar aves inteiras, mas em casa é melhor em pedaços pequenos.

1 Receita: enguia defumada em casa

enguia tem uma carne bastante macio que é bem perca a fumaça, absorve odores.A principal dificuldade que você pode encontrar - é ichor ao longo do cume.Portanto, os grandes peixes não são recomendados para fumar completamente.ingredientes
Necessários

  • Enguia defumada, em Bad Zwischenahn

22 de abr de 2017

cozinha da Toscana

-->

Culinária da Toscana


Culinária da Toscana
Por Chef Wilson Gonzaga

Equilibrada, simples, regional e, todavia, requintada – assim se pode definir a cozinha da Toscana, na Itália. Sem grandes aparatos, é linear, séria e cheia de graça e ironia, tal como as pessoas que vivem lá. Colinas de encostas suaves, olivais e montes tranqüilos exalam um odor de folhas secas e ervas aromáticas que remetem a uma cozinha com ingredientes simples, mas preparados com clareza e naturalidade, influência clara dos ideais da Renascença italiana.

É no campo que se encontra a verdadeira cozinha sem grandes floreados, onde predominam as leguminosas, o pão, o queijo, os legumes e os embutidos. Ribollita, Panzanella, Pappa al pomodoro são todos pratos típicos da Toscana rural, mais interior.  Apesar de toda simplicidade dos ingredientes, a cozinha toscana é conhecida pela riqueza de seus sabores e aromas.

Foi na Toscana, terra da grande literatura de Dante, Petrarca e Boccaccio, que nasceu o italiano moderno.  Foi na Toscana que nasceu e se desenvolveu, entre os séculos XIV e XVI, a grandiosa época do Humanismo e do Renascimento, que inovaram radicalmente a cultura e a arte, deixando um marco para sempre.

Firenze (ou Florença), capital da Toscana, conserva grandes obras de arquitetura civil e religiosa, esculturas e pinturas de extraordinário valor artístico, de grandes gênios como Leonardo da Vinci e Michelangelo Buonarroti. Há também Siena, com a sua Piazza del Campo, com o famoso Palio no verão. Também super famosa pelos seus grandes vinhos, como o Chianti, o Brunello, o Sassicaia  e o Montepulciano.


Receita de Cantuccini


Confira uma receita tradicional culinária Toscana, na Itália, assinada pelo Chef Wilson Gonzaga.

Ingredientes
300 g de amêndoas descascadas e torradas
500 g de farinha de trigo
200 g de açúcar cristal
50 g de açúcar baunilhado
4 ovos
Uma pitada de sal
Raspa da casca de 1 limão siciliano
Manteiga
1 ovo pra pincelar

Modo de preparo
Triture as amêndoas e, numa tigela, misture com a farinha, o açúcar, os ovos e uma pitada de sal. Junte açúcar baunilhado, raspa da casca de limão.  Com a massa, faça rolos de cerca de 2 cm de diâmetro e coloque sobre um tabuleiro untado com manteiga. Bata o ovo com um pouco de açúcar e pincele os rolos com esta mistura. Leve ao forno previamente aquecido a 120 °C, durante 30 minutos, para a massa secar e não para cozer. Corte os rolos em rodelas com a espessura de um polegar e leve novamente ao forno durante aproximadamente 15 minutos. Sirva com um bom espresso.

Fonte:

http://www.gourmetvirtual.com.br/noticias/culinaria-da-toscana

Fondue Como servir e comer

-->

Fondue Como servir e comer

FONDUE
A palavra fondue é derivada do francês e significa "derreter" . Ela não é usada somente para o fondue de queijo que é derretido. Foi introduzida na gastronomia para a forma de servir as mais de 100 variedades de pratos quentes, que são preparados diretamente na mesa nos quais as porções são imersas em queijo, óleo, chocolate, geléia e uma imensa variedades de molhos salgados ou doces.
Fondue de queijo, especialidade suíça que consiste de dois queijos derretidos Emmental e Gryère, vinho branco Neuchtel, sal, pimenta e noz-moscada.
Comida rústica, ideal para um grupo de 4 a 6 pessoas e leva em média de 2 a 3 horas de serenidade para ser comido. Para facilitar o serviço, é preciso bastante espaço na mesa e é necessário que todos os acompanhamentos do prato sejam cortados em porções pequenas antes de serem servidos.
Para os fondues mais conhecidos, calcula-se em média por pessoa, sem os acompanhamentos:
     Carne 300 gramas
     Queijo 200 gramas
     Chocolate 150 gramas;
     Camarão 250 gramas.
Como servir e comer o Fondue:
Servir os molhos e os acompanhamentos são colocados no prato rústico de cerâmica que possui várias divisões. A porção já preparada é retirada cuidadosamente do garfo de fondue, colocada no prato e comida com o garfo e faca grandes. O Fondue de queijo e de fruta são levados diretamente à boca com o garfo de fondue.
Queijo: Quando o pão tiver bastante envolvido em queijo, é levado à boca com o garfo na mão direita e os acompanhamentos são comidos com o garfo e a faca grandes. Antes de colocar o queijo na panela, passar um dente de alho dentro dela com bastante força.
Carne: como a carne precisa mais tempo para fritar, é necessário que cada pessoa tenha dois garfos de fondue marcados com a mesma cor. Quando a carne fritar, será colocada no prato de cerâmica e comida junto com os acompanhamentos com o garfo e a faca grandes. (é usado um óleo vegetal com a temperatura constante de 190 . Para ele não salpicar, é colocada uma batata descascada dentro da panela)
Bebida:
É servido para acompanhar o fondue de queijo um vinho branco seco Gruner Veltiner, Neuenburger ou Waadtlander (Suíço) e para o de carne um vinho tinto seco.
Montagem da Mesa:
1.   Garfo grande do lado esquerdo;
2.   Faca grande do lado direito;
3.   Garfo de fondue de queijo ou de carne do lado direito com uma inclinação de 45;
4.   Prato rústico de fondue com divisões para os molhos e os acompanhamentos;
5.   Prato de pão, faca de manteiga e cesta com pão (exceto para o fondue de queijo);
6.   Copo de vinho branco ou tinto, 1 cm acima da faca
7.   Panela de fondue de queijo (cerâmica) ou carne (metal) com fogareiro a gás;
8.   Suficiente taças para colocar os molhos e os acompanhamentos;
9.   Pimenteiro e saleiro;
10. Guardanapo sobre o prato de pão.

17 de abr de 2017

Como abrir e descascar coco

Como abrir e descascar coco (maneira prática)

Como abrir e descascar coco
Eu uso muito coco aqui em casa, prefiro ele ao leite de coco vendido nos supermercados em garrafinhas. Acho mais saboroso e quando posso, sempre substituo ingredientes industrializados por produtos naturais.
E aqui, tem a questão de que não encontro o coco partido e até descascado e ralado na feira para comprar, como em outros lugares do Brasil.
Então, compro o coco seco no supermercado ou na feira e abro. Bem, esta forma que abro coco, eu acho muito prática, mas é mais demorado do que se você quebrar jogando no chão ou usando um martelo. Como moro em apartamento não posso jogar o coco no chão e não tenho a manha de segurar o coco e bater com o martelo, acho que assim, corro o risco de perder uns dedos, kkkk.
Por isso, acho essa maneira que uso, bem prática. Eu aproveito quando vou ligar o forno para fazer alguma receita e aí coloco o coco, depois guardo no freezer para usar quando eu for precisar.
Veja como faço:

Como abrir e descascar coco
Passo a passo:
1 – Com um saca-rolha faça um furo em um dos “olhos” do coco. Todo coco tem 3 “olhos” e sempre tem um que é mais fácil de furar.
2 – Aumente o furo com a ajuda de um espetinho de madeira, isso ajuda com que a água saia mais rapidamente.
3 – Retire a água do coco. Essa água não é tão doce, mas aqui em casa todos gostamos de tomar.
4 – Coloque o coco no forno aquecido (no alto) por uns 15 a 20 minutos (ou até ele rachar).
5 – Deixe o coco esfriar um pouquinho e retire a casca mais dura. Muitas vezes essa casca já sai sozinha, se não sair enfie uma faquinha para ajudar a desprender.
6 – Algumas vezes o coco também já sai sem a casca mais escura e só precisa descascar alguns locais onde ela ficou.
7 – Para retirar a casca de dentro do coco, a casca mais escura eu prefiro usar o descascador de legumes, acho mais fácil do que descascar com a faca.
Observação: Eu faço isso com dois, três cocos de uma vez. Depois corto em pedaços menores, coloco em um saco plastico e deixo no freezer, assim quando preciso, vou lá e pego a quantidade que vou usar.
-->

Abrir um Coco era tão fácil assim?! Eu não acredito!



-->

6 de fev de 2017

Curso Gastronomia gratis parte 5 (Móveis, Equipamentos e Utensílios da Cozinha)

-->
Resultado de imagem para Móveis, Equipamentos e Utensílios da Cozinha
▼  Março (60)

25 de ago de 2016

Academia da Carne curso gratis


clique na imagem





24 de dez de 2014

O QUE E UM O Chester ?

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL

O Chester® é uma galinha geneticamente modificada, resultado do cruzamento de 11 linhagens diferentes da ave.

A história começou no fim da década de 70, quando o Peru de Natal da Sadia dominava a ceia no fim do ano e a Perdigão ficava se roendo de recalque. Com o objetivo de tombar com a cara da concorrente e dominar o mercado, a Perdigão trouxe 11 linhagens de frangos escoceses, com o objetivo de criar uma galinha diferenciada: magra, porém peituda e com a coxa grossa.

No passado, a Perdigão fez de tudo para esconder as imagens do Chester® vivo e isso aguçou a curiosidade das pessoas, fazendo surgir muitas histórias bizarras sobre o frango.
Muitos diziam por aí que o Chester® nunca foi exposto vivo porque ele seria tão feio e anormal que os consumidores, depois de ver, não sentiriam mais vontade de comê-los. Essas histórias falam sobre anomalias nas penas, olhos desproporcionais, dificuldade de se movimentar do animal devido ao desequilíbrio gerado pelas formas e outras coisas.
Por fim, há alguns anos a Perdigão divulgou fotos do bicho, para acabar com esses boatos. Mas os mais céticos duvidam que os penosos da imagem sejam de fato Chesters.

De acordo com a marca, o motivo de tanto segredo era evitar cópias do padrão genético e garantir a exclusividade. Eles também fazem questão de ressaltar que toda a modificação é baseada em cruzamento genético, sem interferência de drogas, antibióticos ou anabolizantes.

18 de ago de 2014

Pi Dan - Ovo Preto

-->

Pi Dan - Ovo Preto


Conhecido como “ovos de cem anos”, porem raramente envelhecidos por mais de 100 dias, este raro prato no ocidente é muito comum aqui na China, podendo ser encontrado facilmente nos mercados populares.


Produzidos com ovo de pata, que após cozidos são envoltos em uma pasta feita com chá preto bem forte, cinzas de madeira comum, pinheiro e carvão, sal e suco de limão. Tudo isto envolto em plástico ou em tapeware, enterrado sob a terra por pelo menos 30 dias. Alguns anciãos afirmam que urina de cavalo era muito utilizada no processo para aumentar a fermentação.

De textura macia e cremosa lembrando a do abacate, esta iguaria tem um sabor muito rico e pungente lembrando algum tipo de queijo daqueles bem envelhecidos.
Estou voltando ao Brasil com dois ovos na minha mala, se passar na alfândega, sejam bem vindos a vir degustar o Pi Dan comigo.
▼  Julho (45)

Sopa Chinesa com de ninho de passarinho ( fonte de juventude)

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Sopa Chinesa com de ninho de passarinho


Já ouviu dizer em comer uma sopa com pedaço de ninho de passarinho?
Não estranhe pessoal, é isto mesmo..rsrsrs
Você estaria disposto a pagar US$ 10 mil por 1 kg de ninho de passarinho? Mas veja, não é um ninho qualquer, mas um ninho feito da saliva de um tipo de andorinha. Esse ninho é o ingrediente principal de um dos pratos exóticos mais caros do mundo: a sopa de ninho de passarinho. É caro porque as andorinhas asiáticas constroem seus ninhos com saliva por um período de 35 dias, durante a época de procriação. Os ninhos, só podem ser colhidos três vezes ao ano e com muito esforço por parte dos coletores, que se arriscam numa perigosa escalada aos paredões rochosos onde os ninhos são construídos. Essa colheita arriscada só contribui para elevar o preço do produto.
Os ninhos da andorinha asiática são ricos em nutrientes e têm elevados níveis de cálcio, ferro, potássio e magnésio. Acredita-se que a iguaria também tenha valor medicinal, ajudando a digestão, aumentando a libido, melhorando a voz, aliviando as crises de asma, melhorando a concentração e fortalecendo o sistema imunológico. Os ninhos de passarinho são consumidos em sopa. Depois de colhidos, eles são lavados para a retirada de penas e vendidos a restaurantes, onde são servidos cozidos em caldo de galinha. Durante o processo de cozimento, os ninhos soltam uma substância que confere textura gelatinosa à sopa.
Em Hong Kong, o preço de um pratinho da sopa de ninho de passarinho custa de US$ 30 a US$ 100.

Espero que tenham gostado

Até a próxima pessoal.

cebola Australiana Tipo Outback

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

cebola Australiana Tipo Outback

Cebola empanada tipo do OutBack.
Até quem não gosta de cebola, irá amar esta receita.
Esta cebola empanada é tipica do pais da Austrália.
Alem da cebola empanada, temos aquele molho sensacional
Segue a receita desta maravilha.
Um prato muito fácil de ser preparado
INGREDIENTES PARA CEBOLA EMPANADA TIPO OUTBACK:
Cebola:
1 Cebola grande (Cebola conhecida como caixa 5)
1 ovo
1 copo de leite
1 copo de farinha de trigo
2 colheres de farinha de fubá
1 1/2 colher de chá de sal
1 1/2 colheres de chá de pimento vermelha em pó
1/2 colher de chá Pimenta do Reino em pó
1/4 colher de chá de orégano seco
1/8 colher de chá tomilho em pó
1/8 colher de chá cominho
Molho:
1/2 copo de maionese
2 colheres de chá de catchup
1/4 colher de chá de páprica picante
1/4 colher de chá de sal
1/8 colher de chá de oregano seco
Pitada de Pimenta-do-reino em pó
Pitada de Pimenta Vermelha em pó
MODO DE PREPARO:
Retire a casca da cebola, tomando cuidado para não retirar muita casca
Usando uma faca afiada, dividir a cebola em 4 partes, começando do alto para a raiz, deixando aproximadamente 1 cm de raiz
Repita esse processo ate chegar em 16 partes

Coloque a cebola em um recipiente e cubra com água fervente, reserve até as pétalas começarem a abrir.
Em seguida mergulhe em água gelada e reserve até a cebola se abrir como uma flor e depois leve a mesma para uma peneira até escorrer toda água

 
Bata os ovos com o leite, junte sal, pimenta e páprica
Passe a cebola na farinha de trigo na batida de ovos, empane na farinha e rosca, e frite em óleo quente
O molho misture tudo num recipiente.
Comer esta cebola com este molho é SENSACIONAL.
Espero que gostem

Abraços e até a próxima.

Postagens populares

Minha lista de blogs

tang

Pesquisa personalizada
User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:Abobora Doce Recheada Adimito Amendoas Bacalhoada Bolinho Caranguejo Bolinho Recheado Queijo Bolos Decorados Mecanico Calda Manjar Carne Receita Cerveja Creme De Maca Croqueta Frango Presunto Feito Cuscuz Marroquino Folhadinhos Rapidos Gelatina Abacaxi Hoteis Inquilinato Laranja Morangos Licor Ameixa Macas Glaceadas Massa Leitao Massas Yakisoba Menus Dia Namorados Microondas Pao Molho Requeijao Frango Molhos Especial Tender Muffins De Halloween Paelha Marisco Panquecas Ovos Pate De Caviar Pessego Receitas De Pimenta Limao Polpa Manga Receitas Castanhas Portuguesas Receitas Cheesecake Receitas Rapidas Natal Repolho Crespo Risotto Pato Saladas Vinaigrette Sobremesas De Copinhos Sopa Arroz Feijao Sopa Courgette Sorvetes De Damasco Souvlaki Spaghetti Receitas Tarte Espinafres Frango Tarte Fruta Natas Tomates Forno Video Racao Humana