,

Pesquisa personalizada
User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:
Mostrando postagens com marcador molhos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador molhos. Mostrar todas as postagens

22 de abr de 2017

Açafrãoqual o sabor ? não sabemos !!

-->
Açafrão qual o sabor ? não sabemos !!Ele é certamente o ingrediente mais caro do mundo,e  tudo que rola por ai é só  corante e cheiro !!
Açafrão: especiaria típica espanhola
Ele é certamente o ingrediente mais caro do mundo, e com uma das mais trabalhosas e minuciosas obtenção. O açafrão é o pistilo da flor Crocus Sativus, e possui cor lilás. Como especiaria que já chegou valer mais que o ouro, é cultivada na Ásia desde a antiguidade, e chegou na Espanha através dos árabes. Hoje é o país ibérico responsável por 70% da produção mundial, líder absoluto.
Apesar do fácil cultivo, é a extração que faz do açafrão ser extremamente caro. Manualmente o açafrão é colhido, passando na sequencia por uma secagem para conservar, e depois pronto para consumir. São necessários pistilos de aproximadamente 150 mil flores para obter 1kg da especiaria, justificando o seu valor que pode chegar até 20 mil euros. O seu sabor marcante proporciona forte cor amarelada na comida, e é ingrediente principal para pratos com o “risoto alla milanese”.



Açafrão, a especiaria que já foi mais cara que o ouro

Açafrão, a especiaria que já foi mais cara que o ouro
Se existe algum ingrediente que podemos comparar com o diamante, esse certamente é o açafrão, mas não por suas características físicas, e sim pelo seu altíssimo preço. Ingrediente fundamental na Paella espanhola e no Risoto ala Milanese o açafrão é sinônimo de luxo desde a antiguidade.
O açafrão é nada menos do que o pistilo da flor Crocus sativus, que possui cor lilás, e mede apenas 20 cm. Seu cultivo é fácil, e o alto preço se justifica pelo enorme trabalho exigido para extrair de flor em flor o pistilo. O processo de obtenção do açafrão consiste em apenas quatro etapas, mas muito trabalhosas: Cultivo, colheita, separação e secagem. Após apanhar as flores, retira-se o pistilo que possui cor vermelha. Em seguida, leva-se o pistilo para uma secagem (maneira encontrada para conservar o açafrão). Depois de feita a secagem, o açafrão original está pronto para ser usado.
Na foto, a flor Crocus Sativus e os pistilos vermelhos em destaque.
Na foto, a flor Crocus Sativus e os pistilos vermelhos em destaque.
O açafrão é e sempre foi à especiaria mais cara e fina existente. Cultivado na Ásia desde a antiguidade, foi levado para a Espanha pelos árabes há mais de mil anos, e com o passar do tempo, a Espanha se tornou a maior produtora de açafrão do mundo, com 70% da produção mundial. É cultivado também na maioria dos países do mediterrâneo, e em outros países como Irão, e Marrocos.
A época ideal para plantar a flor do açafrão, é entre junho e julho, com colheita entre outubro e novembro. Como acontece com a maioria dos ingredientes, as condições climáticas e do solo podem influenciar no sabor do açafrão, e por isso o espanhol é considerado o de melhor qualidade. Névoa e umidade são condições ideias para as flores de açafrão. Os pistilos que normalmente possuem três filamentos são extremamente aromáticos, e sua principal função é dar uma tonalidade amarelada para a comida, além de fornecer um sabor diferenciado.
As milhares de flores de açafrão formam um verdadeiro tapete lilás nos campos.
As milhares de flores de açafrão formam um verdadeiro tapete lilás nos campos. Foto: Foods From Spain
O preço do açafrão se justifica pelo intenso e minucioso trabalho manual durante o processo, principalmente na etapa de retirar o pistilo. Para 1 kg de açafrão, são necessárias 150 mil flores, tornando o produto ainda mais valorizado. Pelo alto preço e pelo grande trabalho empregado, a quantidade de falsos açafrões existentes é muito grande. Não existe açafrão barato em nenhum lugar, sendo ainda mais caros nos países que não são produtores.
Com o grama em torno de $5, e o kg variando de 3 a 20 mil euros, o açafrão é um ingrediente único e fundamental ao preparo de alguns pratos. Possui um sabor marcante, difícil até mesmo de explicar. O açafrão é resultado de um trabalho delicado, e que demanda muito volume pelo fato dos pistilos serem muito pequenos e bem leves.

Fondue Como servir e comer

-->

Fondue Como servir e comer

FONDUE
A palavra fondue é derivada do francês e significa "derreter" . Ela não é usada somente para o fondue de queijo que é derretido. Foi introduzida na gastronomia para a forma de servir as mais de 100 variedades de pratos quentes, que são preparados diretamente na mesa nos quais as porções são imersas em queijo, óleo, chocolate, geléia e uma imensa variedades de molhos salgados ou doces.
Fondue de queijo, especialidade suíça que consiste de dois queijos derretidos Emmental e Gryère, vinho branco Neuchtel, sal, pimenta e noz-moscada.
Comida rústica, ideal para um grupo de 4 a 6 pessoas e leva em média de 2 a 3 horas de serenidade para ser comido. Para facilitar o serviço, é preciso bastante espaço na mesa e é necessário que todos os acompanhamentos do prato sejam cortados em porções pequenas antes de serem servidos.
Para os fondues mais conhecidos, calcula-se em média por pessoa, sem os acompanhamentos:
     Carne 300 gramas
     Queijo 200 gramas
     Chocolate 150 gramas;
     Camarão 250 gramas.
Como servir e comer o Fondue:
Servir os molhos e os acompanhamentos são colocados no prato rústico de cerâmica que possui várias divisões. A porção já preparada é retirada cuidadosamente do garfo de fondue, colocada no prato e comida com o garfo e faca grandes. O Fondue de queijo e de fruta são levados diretamente à boca com o garfo de fondue.
Queijo: Quando o pão tiver bastante envolvido em queijo, é levado à boca com o garfo na mão direita e os acompanhamentos são comidos com o garfo e a faca grandes. Antes de colocar o queijo na panela, passar um dente de alho dentro dela com bastante força.
Carne: como a carne precisa mais tempo para fritar, é necessário que cada pessoa tenha dois garfos de fondue marcados com a mesma cor. Quando a carne fritar, será colocada no prato de cerâmica e comida junto com os acompanhamentos com o garfo e a faca grandes. (é usado um óleo vegetal com a temperatura constante de 190 . Para ele não salpicar, é colocada uma batata descascada dentro da panela)
Bebida:
É servido para acompanhar o fondue de queijo um vinho branco seco Gruner Veltiner, Neuenburger ou Waadtlander (Suíço) e para o de carne um vinho tinto seco.
Montagem da Mesa:
1.   Garfo grande do lado esquerdo;
2.   Faca grande do lado direito;
3.   Garfo de fondue de queijo ou de carne do lado direito com uma inclinação de 45;
4.   Prato rústico de fondue com divisões para os molhos e os acompanhamentos;
5.   Prato de pão, faca de manteiga e cesta com pão (exceto para o fondue de queijo);
6.   Copo de vinho branco ou tinto, 1 cm acima da faca
7.   Panela de fondue de queijo (cerâmica) ou carne (metal) com fogareiro a gás;
8.   Suficiente taças para colocar os molhos e os acompanhamentos;
9.   Pimenteiro e saleiro;
10. Guardanapo sobre o prato de pão.

Como limpar Escargot

-->

Como limpar Escargot 

 

Resultado de imagem para escargot

 Enquanto você pode comprar carne de caracol em uma lata para a preparação escargot fácil, se você estiver indo para fazer as coisas da maneira tradicional - começando com caracóis vivos - o processo de limpeza pode demorar cerca de duas semanas. Isso garante que os seus caracóis são limpo e saudável dentro e por fora antes de iniciar o processo real de cozinhá-los. No dia em que você quer servir seu escargot, a limpeza final pode demorar até quatro ou cinco horas, para planejar com antecedência é fundamental.

Instruções

1

Mantenha seus caracóis em uma banheira de plástico limpo com uma tampa e de ventilação apertada furos para a respiração. Eles precisam viver neste balde para 10 a 14 dias, permitindo que qualquer coisa desagradável que eles consumida em estado selvagem - pesticidas, especialmente - para filtrar através de seus sistemas. Fornecer seus caracóis com água e alface fresca, e armazená-los em um lugar escuro que permanece entre 55 e 75 graus Fahrenheit.
2

Pare de alimentar seus caracóis três dias antes de o plano para prepará-los, mas continuam dando-lhes água fresca. Isso limpa para fora seus intestinos com antecedência.
3

Lave seus caracóis em água fria, descartando quaisquer mortos - você pode identificá-los a partir de uma falta de movimento.
4

Encha um balde grande de plástico com água fria, mexendo em duas colheres de sopa de sal e uma de vinagre para cada 12 caracóis. O tamanho do balde depende do número de lesmas que está a preparar, embora os caracóis requerem apenas água suficiente para mantê-los completamente submerso.
5

Mergulhe os caracóis por cerca de quatro horas, drenagem e substituir a água uma vez por hora. Este processo retira muco viscoso dos caracóis, que coleta na água - substituí-lo periodicamente descarta o muco e acelera o processo. Enquanto você pode acelerar o processo usando água fervente, isso os torna lançar um grande volume de muco em apenas 10 ou 15 minutos, e faz com que seja mais difícil para manter a água e os caracóis no-lo limpo.
6

Lave seus caracóis uma última vez e despejá-los em uma panela de água fervente. Ferva-os por 10 a 15 minutos - dependendo de quantos você está preparando, você pode precisar de vários potes acontecendo ao mesmo tempo. Quando esfriar, retire os caracóis de seus escudos com uma pequena colher ou garfo, como um garfo frutos do mar.
7

Cortar fora todas as peças pretas do caracol, especialmente perto da cauda. Adiar para a receita que você está seguindo, como alguns recomendo cortar outras partes, como a cabeça, também.

Escargo Francês e a Lesma Brasileira?

-->
Escargot é a palavra em língua francesa para caracol, moluscos gastrópodes, herbívoros terrestres, principalmente as espécies usadas em culinária.

O termo "escargot" em francês ou lumachi em italiano é uma iguaria presente nos melhores restaurantes do mundo.

Espécies comestíveis

* Escargot Petit Gris - Helix aspersa - o caracol comum de jardim.
* Escargot Gross Gris (cinza grande) - Helix aspersa Máxima Taylor - o gigante da Argélia.
* Escargot Gros blanc (grande branco) - Helix pomatia Linné - o caracol dos vinhedos ou escargot de Bourgogne.
* Escargot turco (ou dos bosques) - Helix lucorum Linné.
* Escargot africano - Achatina fulica ou Caramujo-gigante-africano - o maior escargot terrestre.

O preparo

Em geral, os escargots da borgonha são colocados em jejum por cerca de 5 dias. Durante esse período e dependendo do criador, os animais a serão alimentados apenas com água, vinho branco ou ervas aromáticas como agrião, salsa, cebolinha.


Obs.: Como o escargot de jardim - o caracol comum que vive entre as plantas - é comestível, acredito que as adoráveis lesmas que vivem no seu pátio pertençam a esta honorável família.

18 de abr de 2017

a cura: Guia fácil para montar seu cardápio low carb e ema...





Guia fácil para montar seu cardápio low carb e emagrecer sem passar fome




Guia fácil para montar seu cardápio low carb e emagrecer sem passar fome

 

Com bastante frequência recebo algum contato de pessoas pedindo um cardápio low carb com café da manhã, almoço e jantar para seguir.

Eu entendo: estamos acostumados com aqueles cardápios padronizados de
revista ou com cardápios entregues já impressos em consultas com
nutricionistas.

Antes de começar, um conceito que parece óbvio, mas precisa ser esclarecido.

O que é dieta?

Consultando o dicionário, encontrei dois significados para a palavra:

  • Significado 1: regime alimentar prescrito pelo médico a um doente ou a um convalescente.
  • Significado 2: cota habitual de alimentos sólidos e líquidos que uma pessoa ingere.
Para a grande maioria de nós que não está convalescendo de nenhuma doença, vale o significado número 2.

A dieta de uma girafa, por exemplo, é feita de folhas. A dieta de um leão, de carne.

cardapio_low_carb_3

Então dieta não é uma maneira de comer durante duas semanas, ou 1 mês, ou 7 dias. Dieta é o que se come, no dia a dia, para a vida toda.

Uma dieta não está em um papel impresso, está nos hábitos alimentares de uma pessoa.

Parece óbvio? Sim. Mas eu não pensava assim há 4 anos atrás, antes de perder 30 quilos em um ano com o estilo de Vida Low Carb.

Antes eu pensava que uma dieta era um cardápio para seguir e perder peso, para depois voltar a comer “normalmente”.

Hoje eu sei que, mesmo que eu pese 60 quilos para o resto da vida, estarei sempre em dieta. Porque a minha dieta é o que eu como, simples assim.

Agora vamos somar o conceito de dieta com o conceito de low carb:

O que é uma dieta low carb?

É um estilo de se alimentar, onde se restringe (mas não anula) o
consumo de carboidratos para chegar ao peso desejado e mantê-lo sem
passar fome como na abordagem de restrição de calorias.

Existem vários tipos de dietas que são low carb: dieta paleo, dieta cetogênica, dieta lchf, dieta atkins, whole 30 etc… Todas funcionam pelo
mesmo motivo: menos carboidratos na alimentação.

E o que são carboidratos?

Carboidratos são açúcares. Antes de conhecer low carb, eu achava que
carboidratos eram o pão, os doces, o macarrão, a batata e o arroz.

Mas frutas, verduras e até os ovos contém alguma quantidade de carboidrato. Alface tem carboidrato. Pouquíssimo, mas tem.

É importante deixar claro também que a dieta low carb NÃO é uma dieta zero carboidrato.

Em low carb há espaço para frutas e vegetais, que são ricos em
carboidratos saudáveis. A quantidade de carboidratos para cada pessoa
vai depender dos seus objetivos.

O cardápio low carb

Embora não haja um cardápio definitivo para baixar e seguir, é importante que você monte o seu cardápio antes de começar.

Como você está começando, é importante se planejar com antecedência para diminuir a possibilidade de fazer escolhas erradas.

Além disso, fazer o seu próprio cardápio vai ajudar você a entender melhor a dieta.



Eu, até hoje em dia, anoto ideias do que preparar nos próximos dias
antes de fazer as compras. Me faz economizar, me faz perder menos tempo
no supermercado, diminui as chances de eu comer mal porque não tinha
planejado nada saudável.

A ideia desse artigo é dar dicas para que você monte um cardápio para começar ou para retomar sua vida low carb. Vamos lá?

cardapio_low_carb_2

1. Priorize alimentos naturais, sem processamento, com poucos carboidratos

Isso quer dizer comer APENAS comida in natura? Não.

Dá para emagrecer com low carb bebendo refrigerante zero, adoçando o
café com adoçante, dá para fazer comendo presunto comprado no
supermercado, dá para fazer matando a vontade de doces com gelatina sem
açúcar.

Mas os alimentos processados não devem ser A BASE da sua alimentação.

A base da sua alimentação serão os vegetais, as carnes, as gorduras
naturais como a manteiga e o azeite, os ovos, os queijos, as frutas low
carb e as castanhas e nozes. Tem acesso e orçamento para comprar
alimentos orgânicos? Ótimo. Se não tem, funciona do mesmo jeito.

Ao pesquisar sobre low carb, você encontrará várias versões de uma
lista de alimentos permitidos. Mas não são listas escritas em pedra. São
sugestões de alimentos com pouco carboidrato.

Antes de perguntar “Pode tal coisa?”, pesquise a quantidade de carboidratos, usando uma ferramenta como o FatSecret,
ou lendo o rótulo. Se couber na sua cota (quantidade de carboidratos
que você deve comer para chegar ao peso desejado), pode. Se não, não
pode.

Nesse post está a minha sugestão de alimentos para incluir na sua alimentação low carb

2. Personalize

Antes de decidir quais alimentos vão estar no seu cardápio low carb, você precisa responder algumas perguntas:

  • Você tem alguma restrição alimentar? Algumas pessoas não toleram
    lactose, outras tem alergia a nozes e castanhas. O cardápio deve
    considerar essas restrições.
cardapio_low_carb_4

3. Entenda quais alimentos devem ser evitados

Tão importante quanto saber quais alimentos são recomendados, é saber
quais devem ser evitados e também os que devem sumir de vez da sua
vida.

NÃO COMER:

Açúcar refinado ou outros tipos como demerara, mascavo, de coco, orgânico, mel, melado etc.

Óleos refinados (soja, canola, milho etc). Eles são
zero carbo sim, mas passam por mil processos químicos durante o seu
processamento. Em uma dieta baseada em comida de verdade você deve
preparar seus alimentos com gorduras naturais com baixo grau de
processamento, como a manteiga, a banha e o azeite de oliva, por
exemplo. Eu uso azeite e manteiga para tudo.

Grãos, especialmente o trigo. Pães, massas, bolos,
biscoitos, rosquinhas, cuecas-viradas, muffins, cookies, cupcakes,
baguetes, pizzas, bagels, brioches. Bem, você entendeu.

EVITAR:

Bebidas zero ou light. Também são zero carbo e dá
para emagrecer consumindo refrigerante zero, mas dentro da ideia de
priorizar comida de verdade (e ainda gerar menos lixo no planeta), evite
sempre que puder.

Comidas processadas. Tem alimentos processados low
carb, alguns deles são boas opções para quem tem pouco tempo para
cozinhar, como pessoas que trabalham o dia todo e ainda estudam à noite.

Um polenguinho é um bom exemplo: processadíssimo, mas low carb. Se
carregar polenguinhos no início vai fazer você não sucumbir a uma
coxinha na rua, leve polenguinhos! Mas quando puder, evite.

Vegetais ricos em amido. Quem tem muito peso a
perder deve evitar alimentos que são comida de verdade mas também são
ricos em amido, como a batata, batata doce, inhame e mandioca (inclusive
tapioca!). Uma dica: evite tudo que cresce debaixo da terra.

Quando chegar no seu peso alvo ou próximo dele, comece a inserir novamente esses alimentos.

Nesse artigo falo sobre os carboidratos do bem

tasty grilled meat and vegetables on skewers, isolated on white

4. Pesquise receitas

Se você está começando, provavelmente está acostumado a fazer
receitas com algum carboidrato, como uma pizza, um macarrão, um risoto,
lasanha.

Ou está acostumado a servir antes de tudo o arroz e o feijão no restaurante de comida por quilo.

Como low carb é diferente de tudo o que escutamos a vida toda sobre
emagrecimento, é preciso abrir a cabeça para novas formas de preparar os
alimentos. Pesquise receitas e salve as que mais gostar.

Recomendo fazer um arquivo no computador ou celular onde você vai salvando tudo o que interessar.

Conhece o Evernote?
É um aplicativo que você pode usar no smartphone, tablet ou computador.
Anotou em um dispositivo, ele sincroniza com os outros. Tem em
português e é grátis. Evernote mudou a minha vida em termos de
organização pessoal.

Nesse link você acessa as minhas receitas, todas adaptadas, testadas e fotografadas por mim.

Nesse vídeo eu ensino a usar o Evernote para planejar a sua dieta (e a sua vida!)

5. Quanto mais simples, melhor

Você vai encontrar receitas com farinhas mirabolantes e macarrões
orientais zero carbo, mas pratique desde o início o desapego com
receitas que lembram pão, macarrão, pizza.

Claro que dá para fazer algo de vez em quando, como essa deliciosa torta salgada com farinha de amêndoas, mas não faça dessas receitas a base do seu dia a dia.

Para garantir que você comece já perdendo peso e sem traumas devido a
receitas que não deram certo e ingredientes caros estragando na sua
despensa, aposte nos alimentos mais simples na montagem do seu cardápio:
carnes, saladas, ovos, queijos e castanhas.

Exemplos de refeições simples:

  • Sobrecoxas de frango assadas com salada de alface, tomate e pepino
  • Bife acebolado com salada verde
  • Carne de panela com chuchu refogado
  • Hamburguer de carne moída com queijo
Daí com o passar do tempo você vai arriscando coisas mais incrementadas, como esse salgado de couve flor ou esse fantástico fricassê de frango low carb.

6. Escute suas lombrigas

Aproveite a sorte de ter encontrado uma dieta onde é possível comer coisas gostosas sem passar fome para comer o que mais gosta.

Stuffed peppers

Sempre amou bacon mas morria de medo de comer? A hora é agora. Adora
frango grelhado? Coma frango grelhado. Para quem tem medo de comer
gordura, escrevi esse guia definitivo sobre o papel da gordura em uma alimentação low carb.

Agora, se suas lombrigas não gostam de comer vegetais, é possível e necessário adestrá-las.

Use todas as estratégias possíveis para garantir que a sua cota de
carboidratos diária seja composta por carbos saudáveis: refogue vegetais
com muita manteiga, adicione queijo, bacon e muito azeite nas suas
saladas.

Você agora pertence a um mundo maravilhoso onde as saladas não precisam ficar restritas a alface com uma gota de azeite

7. O café da manhã

O café da manhã costuma ser a refeição mais difícil de adaptar para
quem está começando. Para facilitar, escrevi esse post com as minhas dicas favoritas para um café da manhã low carb.

8. Lanches

Já falei sobre como em low carb não é preciso comer de 3 em 3 horas.
O natural é que comendo comida de verdade e mantendo o açúcar no sangue
sob controle a sua fome entre as refeições principais diminua, mas se
isso não acontecer, coma!

Nesse post dou sugestões bem práticas de lanches low carb

nuts

9. Cuidado com as compulsões

Me coloque sentada ao lado de uma bacia de castanhas ou uma tábua de
queijos e frios e você verá despertar das profundezas um terrível
monstro come-come.

Se você tem tendência a comer compulsivamente como eu, separe a
porção antes de comer, coloque suas nozes dentro do mesmo pote. Assim
fica mais fácil controlar e garantir que não vai prejudicar sua dieta.

10. O que beber

Água, água com gás e fatias de limão, água saborizada com hortelã,
chá de ervas frio ou quente, café batido com nata ou creme de leite, chá
mate ou chimarrão são boas opções para acompanhar seu cardápio low
carb.

Refrigerantes zero, light, chás ou águas saborizadas industrializadas
devem ser evitadas por serem industrializadas, gerarem lixo à beça e
elevarem seu consumo de adoçante, mas são zero carbo.

Sucos de fruta não são uma boa ideia. Nesse post eu explico o porquê.

Leite não é low carb, nem se for sem lactose. Nesse post eu falo sobre ele e respondo as dúvidas mais frequentes sobre queijos e laticínios.

Acha que nunca mais vai poder beber álcool só porque está querendo perder peso? Com low carb o seu merecido drink do final de semana está a salvo. Aqui estão as minhas dicas sobre as bebidas alcoólicas que mais combinam com low carb.

Nesse artigo falo mais a fundo sobre as opções de bebidas low carb.

11. Sobremesas e adoçantes

Quando o açúcar no sangue fica sob controle, é normal que a vontade de doces diminua.

Mas se você, como eu, continua apreciando o sabor doce, é importante
contemplar no seu cardápio opções para matar a vontade de doce. Minhas
favoritas:

  • Morangos com nata ou creme de leite com adoçante a gosto
  • Ganache de chocolate com mais de 70% cacau e uma lata de creme de leite
  • Abacate batido com ou sem creme de leite e adoçante a gosto
  • Gelatina sem açúcar (recomendo a marca Lowçucar que não leva
    maltodextrina, que pode atrapalhar o emagrecimento de algumas pessoas)
Nesse artigo falo sobre como escolher o melhor adoçante

Nesse artigo falo com sobre como lidar com a vontade de doces na alimentação low carb e dou dicas de preparações doces

Chocolate bars stack and mint leaf

12. Esqueça as calorias!

Em low carb, as calorias dos alimentos são irrelevantes.

Também não é necessário contabilizar a proteína e a gordura:
preocupe-se apenas com a quantidade de carboidratos dos alimentos que
vão compor seu cardápio.

Parece chocante no início, mas você se acostuma com o tempo. É libertador.

13. Para quem come fora

O mundo perfeito seria que todo mundo pudesse comer comida saudável
preparada em casa, mas a realidade não é bem essa. Trabalhando ou
estudando fora, muita gente precisa comer na rua.

Restaurantes por quilo são ótimos! Normalmente tem boas opções de carne e muita variedade de salada.

Cuidado com as pegadinhas: os molhos das carnes podem ser engrossados
com farinha ou amido e alguns vegetais são lambuzados com óleo de soja
para brilharem bem lindos no buffet.

Ao comer em um restaurante, porém, você inevitavelmente comerá algum
óleo vegetal porque TODOS os restaurantes usam, mas nesse caso o ótimo é
inimigo do bom. Escorra os molhos das carnes e prefira vegetais mais
simples, como alface, tomate e pepino.

Quando for a um restaurante a la carte, já negocie com o garçom
quando fizer o pedido para substituir os acompanhamentos como arroz e
fritas por salada ou legumes.

Food photography of baked pork with fresh vegetables. Home made food photo for social networks. Top view mobile phone photo of baked meat.

Fica bem mais difícil resistir quando aquele carbo todo está ali, acenando e soltando odores debaixo do seu nariz.

Quando estiver na rua e não for horário de almoço, uma alternativa boa é comprar fatias de queijo e presunto e fazer rolinhos.

Embora presunto tenha um pouco de bruxarias, melhor do que cair de boca em um pacote de biscoito.

14. Ligue o turbo no seu projeto de emagrecimento

Gostou das dicas por escrito mas gostaria de ter um exemplo de como é um cardápio para 2 semanas?

No Programa Low Carb na Prática,
além de um curso em vídeos para você entender tudo o que precisa para
emagrecer com low carb você ainda ganha esse e outros bônus incríveis!

Clique e saiba mais sobre o Programa Low Carb na Prática

Tudo certo para a montagem de um cardápio low carb para começar já o seu projeto de emagrecimento?

a cura: Guia fácil para montar seu cardápio low carb e ema...: Guia fácil para montar seu cardápio low carb e emagrecer sem passar fome   Com bastante frequência recebo algum contato de pessoas p...



3 de fev de 2017

Dia mundial do Ovo

-->

6 de out de 2014

panqueca de carne moída

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL 

Receita de panqueca de carne moída

Ingredientes - MASSA
1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite
2 ovos
4 colheres (sopa) de óleo
Sal a gosto

Ingredientes - RECHEIO
300g de carne moída
2 colheres (sopa) de cebola picada
½ tomate cortado em cubos
½ lata de extrato de tomate
1 caixa (200ml) de creme de leite
Sal a gosto
400g de mussarela fatiado
Queijo ralado a gosto


Modo de preparo - MASSA
1. No liquidificador, coloque os ovos, o leite o e óleo
2. Bata durante alguns minutos, acrescentando, aos poucos, a farinha de trigo
3. Após colocar toda a farinha, coloque sal a gosto
4. A consistência da massa deve ficar pastosa, não muito grossa
5. Com um papel toalha, espalhe óleo numa frigideira (antiaderente, de preferência)
6. Utilize uma concha (dessas que servem feijão) como medida. Cada concha de massa, equivale a uma panqueca
7. Despeje cada concha no meio da frigideira e vá girando, de modo a espalhar a massa uniformemente por toda a superfície da frigideira
8. As bordas irão se soltar aos poucos. Quando toda a massa se soltar da panela, é hora de virar a panqueca
9. Se observar que a massa ficou grossa, diminua a medida. A massa fina é mais gostosa
10. Repita o processo até fazer toda a massa

Modo de preparo - RECHEIO
1. Em uma panela, coloque óleo e deixe a cebola para dourar, em fogo médio
2. Acrescente a carne e deixe fritando
3. Ao notar que está saindo água da carne, tampe a panela e deixa cozinhando até que a água diminua
4. Então, na mesma panela, acrescente o tomate picadinho
5. Deixe cozinhando por mais 3 minutos e mexa um pouco
6. Acrescente o extrato de tomate e os temperos do seu gosto
7. Cozinhe por mais 10 minutos, mexendo de vez em quando
8. Quando o molho começar a engrossar, desligue e deixe esfriar um pouco
9. Após esfriar um pouco, acrescente o creme de leite e misture bem
(é importante deixar que esfrie, pois se adicionar o creme de leite com o molho ainda quente, ele pode perder o ponto ideal)
10. Quando a mistura estiver bem homogênea, ligue em fogo baixo e deixe cozinhar por mais 5 minutos
11. Não se espante se o molho ficar meio fino, com aparência aguada. É normal

PREPARO DAS PANQUECAS
1. Em cada massa de panqueca, coloque uma fatia de mussarela e uma porção de carne e enrole
2. Repita o processo com todas as panquecas
3. Unte um refratário com um pouco do caldo do recheio
4. Coloque as panquecas prontas no refratário e despeje sobre elas o resto do molho
5. Polvilhe queijo ralado
6. Leve ao forno, em fogo médio, e deixe gratinando por mais 15 minutos ou até ferver o molho e derreter o queijo
7. Está pronta a panqueca!

Tempo de preparo: 40 minutos
Rendimento: 10 porções

Informações adicionais: Essa receita de massa de panqueca serve para qualquer recheio, inclusive para panquecas de frango, que também são muito famosas (eu, particularmente, prefiro as panquecas de carne moída mesmo).
Você também pode fazer panquecas doces, recheando com frutas, chocolate etc. Mas não esqueça de substituir o sal por açúcar na massa.


Receita do Tudo Gostoso
•••

E aí, aprendeu como fazer panquecas? Prepare na sua casa e venha nos contar o resultado! E, se tiver dúvidas ou sugestões sobre essa receita, não deixe de utilizar o espaço de comentários! =)

18 de ago de 2014

Vinho de cobra - Iguaria Chinesa e Tailandesa

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Vinho de cobra - Iguaria Chinesa e Tailandesa

Vinho de cobra?
Embora não tenha aspecto semelhante aos vinho que nos habituamos a ver ebeber, é assim que a bebida asiática é conhecida e apreciada em algunspaíses do sudeste asiático, como Vietnã, Tailândia, Camboja . Para, basta colocar algumas cobras ou escorpiões dentro de umagarrafa transparente cheia de licor de vinho de arroz e algumas ervas,que são adicionadas antes da bebida ficar fermentando durante alguns
meses. As serpentes peçonhentas são preservadas para que o veneno sejadissolvido no licor de vinho de arroz. Como o veneno das serpentes é àbase de proteína, ele acaba sendo neutralizado naturalmente pelos
efeitos do etanol, não tornando-se perigoso para a saúde.Para produzir tão assustadora bebida eles preferem usar cobras venenosas, pois acredita-se que o veneno, quando dissolvido no álcool, faz bem para a corrente sanguínea.O uso de serpentes e seus tecidos na medicina oriental é antigo, trazendo boa saúde e vitalidade. O primeiro uso registrado desta bebida
foi na China, por volta do ano 771 A.C.A fabricação dessas bebidas é considerada uma arte. Para fabricar um vinho de cobra, por exemplo, o primeiro passo é comprá-las ou pegá-las
na floresta, algo que pode ser bem perigoso, como é de se supor. Depois,
para que fiquem em pé nas garrafas, os répteis são mergulhados em álcool. Quando a cobra ficou na posição correta, o recipiente é esvaziado e completo com vinho de arroz. A cobra deve ficar mergulhada no vinho por pelo menos 10 dias; antes disso, não se deve tomá-lo.Este elixir, dizem os fabricantes, curam diversas doenças, como bronquite e dor nas costas. Isso porque os vinhos absorvem a força e a saúde do animal, ainda que os órgãos vitais não façam parte da receita.
Para fazer vinho de gatos ou ursos , por exemplo, é preciso remover o coração, o pulmão e os rins. Se não forem removidos, estragarão o vinho.
Outra coisa que estraga o vinho é o uso de animais errados, como peixes
ou cavalos, citados por um produtor como não tendo bons efeitos sobre a bebida.

Alguém teria coragem?
Até a próxima galera.

Tacacá(Deliciosa Iguaria de Manaus)

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Receita do Tacacá(Deliciosa Iguaria de Manaus)

O Tacacá
è um tipo de sopa preparada com um caldo fino na cor amarela chamado TUCUP, no qual se coloca goma de tapioca, camarão seco e Jambú.
Serve-se em cuias bem quente com um pauzinhos tipo o Hashi japonês.

Abaixo segue a receita do Tatacá.
Ela da para 10 porções e a dificuldade é moderada.
Mais vale a pena, pois é muito bom.

Ingredientes da Receita de Tacacá

2 litros de (tucupí *)
4 dentes de alho
Chicória
Alfavaca
1 colher de chá de sal
4 pimentas de cheiro
2 maços de jambu
1/2 kg de camarão salgado (seco)
1/2 xícara de goma de mandioca
Pimenta de cheiro

Como Fazer Tacacá

Modo de Preparo:
Coloque em uma panela o tucupí, tempere com alho, chicória, alfavaca e sal, leve ao fogo e deixe levantar fervura. Baixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 30 minutos.
Cozinhe o jambu em água quente, até que os talos ficarem macios, retire, escorra e reserve.
Retire a cabeça do camarão e deixe de molho em uma vasilha com água para retirar o sal.
Ferva 4 xícaras de água com sal a gosto, dissolva a goma em uma vasilha com água fria, acrescente ao poucos na água fervendo, até ficar um mingau grosso.
Sirva em uma cuia nesta sequência: duas colher de sopa de tucupi, uma concha de goma, uma concha de tucupi, algumas folhas de jambu e 5 camarões, sal e pimenta a gosto.
Na falta da goma de mandioca pode ser usado o polvilho azedo.


Espero que gostem



* O que é Tucupi(Tucupi é um tempero e molho de cor amarela extraído da raiz da mandioca brava, que é descascada, ralada e espremida (tradicionalmente usando-se um tipiti). Depois de extraído, o caldo "descansa" para que o amido (goma) se separe do líquido (tucupi). Inicialmente venenoso devido à presença do ácido cianídrico, o líquido é cozido (processo que elimina o veneno)e fermentado, de 3 a 5 dias, podendo, então, ser usado como molho na culinária.

cebola Australiana Tipo Outback

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

cebola Australiana Tipo Outback

Cebola empanada tipo do OutBack.
Até quem não gosta de cebola, irá amar esta receita.
Esta cebola empanada é tipica do pais da Austrália.
Alem da cebola empanada, temos aquele molho sensacional
Segue a receita desta maravilha.
Um prato muito fácil de ser preparado
INGREDIENTES PARA CEBOLA EMPANADA TIPO OUTBACK:
Cebola:
1 Cebola grande (Cebola conhecida como caixa 5)
1 ovo
1 copo de leite
1 copo de farinha de trigo
2 colheres de farinha de fubá
1 1/2 colher de chá de sal
1 1/2 colheres de chá de pimento vermelha em pó
1/2 colher de chá Pimenta do Reino em pó
1/4 colher de chá de orégano seco
1/8 colher de chá tomilho em pó
1/8 colher de chá cominho
Molho:
1/2 copo de maionese
2 colheres de chá de catchup
1/4 colher de chá de páprica picante
1/4 colher de chá de sal
1/8 colher de chá de oregano seco
Pitada de Pimenta-do-reino em pó
Pitada de Pimenta Vermelha em pó
MODO DE PREPARO:
Retire a casca da cebola, tomando cuidado para não retirar muita casca
Usando uma faca afiada, dividir a cebola em 4 partes, começando do alto para a raiz, deixando aproximadamente 1 cm de raiz
Repita esse processo ate chegar em 16 partes

Coloque a cebola em um recipiente e cubra com água fervente, reserve até as pétalas começarem a abrir.
Em seguida mergulhe em água gelada e reserve até a cebola se abrir como uma flor e depois leve a mesma para uma peneira até escorrer toda água

 
Bata os ovos com o leite, junte sal, pimenta e páprica
Passe a cebola na farinha de trigo na batida de ovos, empane na farinha e rosca, e frite em óleo quente
O molho misture tudo num recipiente.
Comer esta cebola com este molho é SENSACIONAL.
Espero que gostem

Abraços e até a próxima.

Parrilla Argentina com molho Chimichurri

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Parrilla Argentina com molho Chimichurri


Bom dia Pessoal.
Em minha viagem para Argentina, fui experimentar a famosa parrilhada deles.
O asado tradicional dos Pampas estendeu-se a toda a população, e hoje, devido a qualidade e ao preço baixo, é consumido por todas as classes sociais. É até comum ver operários a preparar o prato na rua na hora do almoço.
Aos finais de semana, as famílias se juntam nos pátios das casas para desfrutar um asado mais sofisticado que inclui, além de famoso bife, todo o tipo de "achuras" (órgãos menores como os rins, intestinos, estômago, timo, e ainda morcelas e vários tipos de embutidos.
Nos pátios das casas aos domingos, nos parques e até em locais específicos em balneários, os uruguaios desfrutam seu asado.
Abaixo segue a receita de como fazer o famoso prato de parrilha Argentina com o molho Chimichurri que só encontrei lá até hoje.

O que precisa para se fazer um prato da tradicional Parrilla Argentina:
Bife de choriço, 500 g
Linguiça de choriço, um gomo por prato.
Frango
Sal grosso

Salgue o bife de chorizo com sal grosso. Sele bem e termine de cozinhar, deixando no ponto desejado.
Já a linguiça e o frango deixe assar bem.


Chimichurri:
Azeite de oliva, 150 ml
Cebola, 100 g
Alho, a gosto
Sal e pimenta, a gosto
Pimenta caiena, a gosto
Ají moído, a gosto
Vinagre branco, 50 ml
Orégano, a gosto


Para fazer o chimichurri: coloque todos os ingredientes secos em um pilão, acrescente o alho e a cebola, e soque bem. Adicione o azeite.
Prato acompanha uma bela batata frita.

Receita de Carne de Rã

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos 

Receita de Carne de Rã

Bom dia Galera.

Hoje vou passar a Receita de Rã.
Muitos acham um bicho nogento e bate o pé que nunca comeria.
Mais se colocarem um frango a passarinho e a carne de Rã ao lado, dificilmente irão reconhecer qual é qual.
O gosto é muito parecido.
Uma delicia.


Ingredientes:

500g de rã
1 cebola picada
1 cenoura picada
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de azeite
Suco de 1 limão
1/2lata de molho tomate c/ pimentão
1 colher de chá de maizena
sal, ervas finas, manjerona, pimenta do reino
1 copo de vinho tinto seco.


MODO DE PREPARO

Tempere as rãs com o sal, ervas, manjerona, pimenta e o suco de limão e deixe descansar por 30 min
Derreta a manteiga, junte o azeite e doure os alho e a cebola, quando estiver semi-dourados, tampe a panela e deixe refogar em fogo baixo por 5 min, acrescente a cenoura e deixe por mais 10 min
Coloque as rãs sem o caldo, doure as, depois acrescente o caldo, o vinho e o molho de tomate, deixe cozinhando em fogo médio por 25 min
separe um pouco do molho e dissolva a maizena, junte tudo para engrossar o molho da panela

Espero que gostem e até a próxima.

29 de jul de 2014

turabão fermentado

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos


30 de set de 2013

COMIDAS EXÓTICAS (vc teria coragem de experimentar?

ESCORPIÃO FRITO
http://4.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_27Do2yBI/AAAAAAAAA0U/3rIca...
Ué, mas o escorpião não é venenoso? É, sim, mas como o bicho é cozido antes de ser frito em óleo, as altas temperaturas do preparo desencadeiam uma reação química que neutraliza o veneno. Aí, é só deglutir o bichão - inteiro mesmo, das garras até a cauda. A espécie preferida é o escorpião-negro, que é maior e tem menos veneno que o escorpião-marrom.


O escorpião é um prato admirado pela maioria dos povos asiáticos. Grande parte dos países do continente degusta o petisco usando hashi, esse par de varetas usado para levar a comida à boca.

FILÉ DE PEIXE VENENOSO
http://2.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_3_eArxhI/AAAAAAAAA0k/2Ecbe...

O tal peixe venenoso é o fugu ou baiacu, que tem muita tetrodotoxina, um veneno dez vezes mais forte que o cianeto. Para que a iguaria não mate ninguém, o chef retira uma bolsa perto das brânquias com o veneno. Depois, ele fura a bolsa e espalha sobre a carne do peixe uma pequena dose da toxina, para provocar um certo "efeito alucinógeno" em quem come!


Por causa dos riscos da ingestão do alimento, os cozinheiros e chefs de restaurantes são exaustivamente treinados até ganharem o aval para preparar o fugu para consumo.
Mesmo assim, cerca de 20 pessoas morrem por ano, intoxicadas pelo veneno do peixe!

FAROFA DE FORMIGA
http://4.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_4ayqTTkI/AAAAAAAAA0s/_BuR1...
O inseto aparece no cardápio rural brasileiro em certas áreas do Sudeste. A variedade preferida é o içá ou saúva - uma formiga que, dizem, tem um gosto parecido com amendoim. Além de consumida em farofa, ela também pode ser torrada com tempero ou congelada para comer durante o ano. E faz bem! Como vários outros insetos, as formigas são ricas em proteína, têm baixo teor de gordura e alto teor de fósforo.


Do outro lado do mundo, os chineses usam formigas para fabricar um vinho que é útil no tratamento de reumatismo e no fortalecimento dos músculos e ossos.

MORCEGO À CAÇAROLA
http://4.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_5GVuN91I/AAAAAAAAA00/sQXcx...

China, Vietnã e sudeste da Ásia
Os morcegos que fazem parte do cardápio humano são os que se alimentam de frutas. Escolhidos por não serem venenosos e por sua dieta saudável, os morcegos frutívoros têm baixo teor de gordura e uma carne cuja textura é comparada à dos frangos. Além da caçarola (um guisado com carne, vegetais e batatas), outras boas pedidas (quer dizer, boas pelo menos para os povos asiáticos) são a sopa e a lasanha de morcego.


Os entusiastas da carne de morcego acreditam que ela aumenta a potência sexual masculina e as chances de ter uma vida longa e feliz.

CANGURU AO VAPOR
http://2.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_5ltXWElI/AAAAAAAAA08/2GIP4...
Austrália
O hábito de comer cangurus começou com os nativos australianos, que cortavam o animal em diversas partes e mandavam ver. Hoje em dia, a carne do bicho é picada e cozida em vapor, com a adição de bacon, sal e pimenta para dar um temperinho. Não sobra nada: até o rabo é aproveitado para fazer sopa! O gosto é comparado ao da carne de avestruz, uma carne vermelha bem forte.


Os pratos feitos com canguru são vendidos em mais de 900 restaurantes, desde pizzarias
até serviços de quarto em hotéis cinco estrelas.

OMELETE DE LARVA DO BICHO-DA-SEDA

http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_6nfQYbDI/AAAAAAAAA1E/dFqNA...

Tailândia, China
Na China, as larvas são fritas com cebola cortada e um molho grosso ou misturadas em omelete com ovos de galinha. Se você não curtir a textura tenra do recheio, também dá para comer a crisálida, a "embalagem" da larva, que parece uma casquinha crocante tipo um salgadinho.


Na Tailândia, depois de ser incluída na lista de comidas locais, em 1987, a crisálida do bicho-da-seda passou a ser adicionada às sopas na alimentação de crianças nas escolas tailandêsas.

SOPA DE CACHORRO
http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_7C6teaoI/AAAAAAAAA1M/Gg4ZL...

Coréia do Sul, Sul da China, Hong Kong
Eis o lado polêmico da diversidade cultural: para nós, ocidentais, comer esse prato é uma tremenda cachorrada. Mas, entre os coreanos, o cão é considerado bastante energético e, de acordo com a crença, melhora o desempenho sexual dos homens. Além da carne dos au-aus, a sopa leva legumes e tem um cheiro forte, principalmente por causa do tempero - em geral, especiarias como açafrão, cravo e canela.

A venda da carne de cachorro já foi proibida por causa de protestos de protetores dos animais. Mas, em países como a Coréia do Sul, a fiscalização é frouxa e muitos restaurantes continuam fornecendo o prato.

CÉREBRO DE MACACO
http://1.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK_7fqvRR2I/AAAAAAAAA1U/8DIr5...
Séculos antes do Indiana Jones, os africanos já cultivavam o costume de deglutir miolos de primatas. Anote o modo de preparo: primeiro, lave o cérebro (do bicho, claro) com água fria. Depois, acrescente vinagre ou suco de limão, retirando membranas e vasos sanguíneos da camada mais superficial. Conserve em salmoura e, finalmente, ponha a iguaria para cozinhar. Em todas as espécies de macaco, o órgão é rico em fósforo, proteínas e vitaminas.


Prefere outros cérebros? Tente o de gorila, considerado afrodisíaco. Na áreas rurais da Europa, fazem algum sucesso os cérebros de porco, de cordeiro e de carneiro...

Quem quiser ver a cena ( não recomendo) pode assistir ao documentário "Faces da Morte". Onde existem outras cenas também não interessantes a pessoas que se sensibilizam fácil.

CARANGUEJEIRA FRITA

http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SK__nK6Z-nI/AAAAAAAAA1k/qNiTI...

América do Sul, Sul da África e Austrália
É preciso muita coragem para mandar esse bichão peludo para dentro, certo? Mas no caso da caranguejeira ou tarântula, as aparências enganam. Apesar de pavorosa, a espécie não é venenosa - e é a mais consumida no mundo por ser maior que as outras aranhas. A parte mais cobiçada é o abdômen do aracnídeo. É lá que fica a maior parte da carne - na cabeça estão as vísceras e no restante do corpo não há muito mais o que comer.


Os maiores consumidores de caranguejeira são os índios na América do Sul e os aborígenes na Austrália.

http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAAafSTzzI/AAAAAAAAA1s/kS0CT...
Tudo bem que as comidas que mais achamos exóticas são as dos orientais, mas engana-se quem pensa que eles são os únicos a gostarem de coisas um tanto diferentes ao nosso paladar.
Em algumas partes do Texas é muito comum a degustação de cobras por exemplo. Dizem até que parece galinha. ( já não sou muito fã da penosa o que poderia dizer então da rastejante?!!)

http://2.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAAyh-dgDI/AAAAAAAAA10/Htn2m...
Os franceses comem pernas de rã(muito bom!) e caramujo. Australianos comem cangurus. Asiáticos comem gato, cachorro, escorpião cru , baratas em conserva e outros bichos também de outras formas.
http://4.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLACo4OKCxI/AAAAAAAAA2E/WJ7CT...


Na Indonésia o morcego é criado para um "bem" diferente, é costume dar-se coração de morcego para uma pessoa com asma como se fosse um remédio. E a tradição manda que o coração seja retirado do animal vivo e ingerido enquanto ainda pulsa.
http://1.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLABBkWQ1NI/AAAAAAAAA18/8rvGu...

Eles costumam comer também algumas outras iguarias tais como: ovos de tartaruga, patade urso, cavalos marinhos secos, sangue de cobra, pênis de crocodilo e tigre, testículos de bode, cartilagem de tubarão, esperma de baleia, chifres de rinoceronte, e os cérebros de macaco são consumidos livremente.

http://1.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAFJfPhu9I/AAAAAAAAA2s/JJmf7...

O sexagenário Hajjah Nurdiani ingeriu bílis de cobras durante cinco anos para curar um câncer, e ainda com medo de que seus ossos fossem afetados ingeria também a cartilagem de tubarão. Misturava tudo com água pela manhã. A bílis não tinha gosto de nada mas a cartilagem é horrível. Disse em entrevista ao jornal Dagens Nyhetr.
O viagra natural é o pênis de cobra, que sai em média por 8 dólares. Embora a população em grande parte seja muçulmana, as culturas ainda tem muito a ver com as raízes do povo indonésio.

http://2.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAEvVneqNI/AAAAAAAAA2k/upjyY...

Em Bali, as tartarugas são escapeladas vivas para manter a carne grudada aos cascos. Em Sumatra os macacos são assados vivos porque dizem que são muito mais saborosos se forem assados sem retirar o sangue do corpo. Em Hanói, Vietnã, é muito apreciado o cérebro dos cães, assim como salsichas servidas com feijão e ervas, e cachorro grelhado com gengibre ao molho de camarão. Não esquecendo também do fígado canino com pimenta e limão.
http://1.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAEeIBGQII/AAAAAAAAA2c/Ziw2J...

Mas como boa parte da população vietnamita é sub-alimentada, o que passar na frente é alvo fácil. O governo tentou certa vez diminuir o consumo de cobras, gatos e cachorros proibindo sua venda mas, em contrapartida aumentou o consumo de ratos. Quando os ratos começaram a ser algo raro entrou o caramujo no cardápio.

http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAERavr5JI/AAAAAAAAA2U/7mttJ...
Durante o racionamento da segunda guerra chegavam a comer fígados, cérebros e intestinos de outros mortos em combate.
http://2.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAECI5r1VI/AAAAAAAAA2M/Igwu3...


Em um restaurante chamado Tommy's Joint, USA, a especialidade é servir animais selvagens. Entre elas temos: espeto de urso, hamburger de búfalo, tirinhas de marmota entre outros.
No interior americano também há o consumo de marmotas, bisões, pombo, esquilo e cervo ao gosto do freguês.

http://1.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAKT4WHQiI/AAAAAAAAA3E/85tsV...

Na Escócia há uma comida chamada haggis que parece muito com o nosso vatapá brasileiro, consiste na mistura de coração, pulmão(bofe) e fígado, bem condimentado e cozido dentro de um estômago de vaca.
http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLALHBNoTzI/AAAAAAAAA3M/eIYd7...

http://2.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAOfbKm1iI/AAAAAAAAA3c/l3aL_...ão entre as iguarias:
Bebidas com cobras, escorpiões e aranhas
Saquinhos com grilos, formigas, escorpiões fritos para comer onde você desejar
Espetinhos, enlatados, cozidos e muito mais.

http://3.bp.blogspot.com/_TZTUlgWcE6I/SLAU_o7WNEI/AAAAAAAAA3k/8oiAq...
Tem muitas outras comidas que aqui não foram ditas mas, tem algumas fotos.
Quem se interessar pelas iguarias pode conferir e até comprar pelo site http://www.thailandunique.com/store/
 Mais algumas fotos:
 
-->

13 de ago de 2013

Pizza light de frigideira

Pizza light de frigideira


Ingredientes:
1 disco de massa integral ou light de pizza de frigideira (ou rap  light)
1 copo de requeijão light
Espinafre ou brócolis picado
Cebola picada a gosto
Outros recheios a gosto

Passo a passo:
Prepare um creme de espinafre ou brocólis, refogrando o(s) legume(s) com uma cebola picada. Junte um pouco do requeijão de copo light.

Numa frigideira, coloque o disco de massa (não precisa óleo), o creme de espinafre ou brocolis e, por cima, jogue mais requeijão light. Tampe a pizza, abaixe o fogo e deixe por 2 minutos. Desligue o fogo e coma quentinha.
O recheio pode ser substituído por frango desfiado, atum, salmão, cogumelo ou vegetais. Mas não substitua o requeijão light por outros queijos para manter o mesmo valor calórico do prato.
-->

PIZZA DE FRIGIDEIRA

PIZZA DE FRIGIDEIRA


2 xicaras de trigo
1 ovo
1/2 xicara de leite
1 colher de fermento
1 pitada de sal

Modo de fazer

 

Coloque o ovo o leite e o sal e mexa e va adicionando o trigo aos poucos, o ponto da massa é até desgrudar das mãos, se faltar adiciona mas um pouco de trigo não precisa sovar muito a massa desgrudou da mão é o ponto.

Estique a massa no tamanho da frigideira anti aderente que vc possui em casa.
Faça isso com toda a massa.

Depois coloque um fio de oleo na frigideira e frite a massa dos dois lados

Depois recheie como pizza, coloque o molho de tomate o queijo o presunto, orégano, enfim o recheio de sua preferencia eu fiz de tomate seco ficou show.

Depois de recheada a pizza coloque em fogo bem baixo coloque uma tampa para abafar para derreter o recheio e pronto.

Gente é muito rápido essa receita rende 4 pizzinhas

-->

Pizza de sardinha com massa de liquidificador

  • Massa
  • 1 copo (tipo requeijão) de leite
  • 1 ovo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1/2 colher (chá) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 1 copo (tipo requeijão) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento químico em pó
  • Recheio
  • 3 latas de sardinha ao molho de tomate
  • 1 cebola cortada em rodelas finas
  • 1 colher (sopa) de orégano
  • Azeitonas pretas a gosto
  • Pimenta calabreza a gosto (opcional)
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Preparo:50mins  ›  Pronto em:50mins 

  1. Preaqueça o forno médio (180ºC). Unte e enfarinhe uma forma de pizza grande.
  2. Bata a massa no liquidificador, deixando para bater o fermento por último.
  3. Leve ao forno por 20 minutos, só até a massa firmar.
  4. Enquanto isso, misture todos os ingredientes do recheio.
  5. Retire a pizza do forno, espalhe o recheio e volte ao forno por mais 20 minutos ou meia hora, até massa dourar.
-->

Pizza rápida de liquidificador

*
x
ícara medida de 240ml

1½ xícara de farinha de trigo
1 xícara de leite
1 colher (sopa) de azeite
1 colher (café) de sal
1 ovo
1 colher (chá) de fermento em pó

Bata tudo no liquidificador e despeje em fôrma redonda (30cm) untada e enfarinhada. Alise para nivelar a superfície e leve para assar em forno pré-aquecido a 180˚C por 20 a 25 minutos. As bordas devem estar levemente coradas e soltando das laterais da fôrma. Tire e espalhe molho de tomate e recheio de sua preferência (desta vez usei molho pronto, presunto, cebola, mussarela, tomates e azeitonas.Polvilhei bastante orégano e reguei com um fio de azeite.

Leve de volta ao forno por mais 15 minutos e sirva em seguida.
-->

Massa para pizza Fácil

Massa para pizza Fácil:

Deixe descansar p
Ingredientes:
2 copos (240 gramas) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de óleo
1 colher de (café) sal
1 colher (sobremesa) açucar
2 tabletes de fermento para pão ou fermento seco 1 colher (sopa)
agua morna

Modo de preparo:
coloque a farinha de trigo em uma tigela e acrescente o óleo os dois tabletes de pão dissolvido no açucar e sal.
or

Mexa com uma colher de pau e vá colocando a agua morna aos poucos, sove a massa com as mãos até que ela desgrude das mãos. deixe descansar por 30 min.

Obs: se for fazer com o fermento seco não precisa fazer essa mistura é só colocar direto.

-->

Pizza margherita

Pizza margherita
Ingredientes:

MOLHO DE TOMATE:
• 600 g de tomates pelados maduros (pode ser em lata)
• 1 colher (sopa) de sal
• 3 colheres (sopa) de açúcar
• 2 colheres (sopa) de orégano (fresco, de preferência)

MASSA:
• 1 kg de farinha de trigo peneirada
• 500 ml de leite tipo A
• 30 g de fermento biológico "Fleischmann"
• 110 ml de óleo de milho (ou de girassol)
• 2 colheres (sopa) rasas de sal
• 1 colher (sopa) rasa de açúcar (este ajuda a massa a ficar mais crocante e dourada)

RECHEIO:
• 3 bolas de mussarela de búfala (para cada pizza)
• 1/3 de xícara (chá) de molho de tomate (para cada pizza)
• Manjericão a gosto, para decorar
• 1 fio de azeite de oliva para regar no final (para cada pizza)
Prepare assim:

MOLHO:
• Processe todos os ingredientes do molho (menos o orégano) no liquidificador;
• Ferva este molho por 5 minutos em uma panela;
• Coloque o orégano, desligue o fogo e utilize o molho na pizza;

MASSA:
• Dissolva o fermento no leite morno;
• Em uma vasilha grande, misture a farinha com o leite fermentado;
• Coloque o óleo e amasse com as mãos (o calor das mãos ajuda na fermentação da massa);
• Misture sal e açúcar e trabalhe a massa;
• Transporte-a para uma mesa ou superfície lisa, polvilhada com farinha. Trabalhe bem a massa, amassando-a constantemente e batendo-a na mesa (quanto mais se trabalha a massa, mais leveza ela adquire);
• Quando a massa não grudar mais nas mãos, é porque já está no ponto certo;
• Deixe a massa descansar numa vasilha grande por cerca de 3 a 4 horas, fazendo um corte )uma fenda) no seu centro para que ela "oxigene". Cubra com um pano e mantenha a vasilha num local livre de correntes de ar, em temperatura ambiente;
• Após descansar, divida a massa em 6 bolas (porções);
• Em uma superfície enfarinhada, achate a massa com as mãos e abra o disco de pizza com o auxílio de um rolo, cruzando as direções deste na massa, e virando-a de lado durante esse processo;
• Coloque o disco numa pedra apropriada para forno (ou assadeira) e leve ao forno bem alto (previamente aquecido), se possível a 380ºC, por cerca de 10 a 15 minutos. Para forno doméstico, pré-aqueça a 250ºC e asse por cerca de 30 a 40 minutos;

PREPARO DA PIZZA:
• Retire o disco do forno e espalhe o molho sobre a superfície do disco, deixando 1 cm de borda descoberta;
• Cubra com as bolas de mussarela fatiadas com a espessura de 2 a 3 milímetros, e volte a pizza ao forno por cerca de 2 a 3 minutos, ou até que o queijo derreta;
• Polvilhe com manjericão a gosto e um fio de azeite.
 
-->

Postagens populares

Minha lista de blogs

tang

Abobora Doce Recheada Adimito Amendoas Bacalhoada Bolinho Caranguejo Bolinho Recheado Queijo Bolos Decorados Mecanico Calda Manjar Carne Receita Cerveja Creme De Maca Croqueta Frango Presunto Feito Cuscuz Marroquino Folhadinhos Rapidos Gelatina Abacaxi Hoteis Inquilinato Laranja Morangos Licor Ameixa Macas Glaceadas Massa Leitao Massas Yakisoba Menus Dia Namorados Microondas Pao Molho Requeijao Frango Molhos Especial Tender Muffins De Halloween Paelha Marisco Panquecas Ovos Pate De Caviar Pessego Receitas De Pimenta Limao Polpa Manga Receitas Castanhas Portuguesas Receitas Cheesecake Receitas Rapidas Natal Repolho Crespo Risotto Pato Saladas Vinaigrette Sobremesas De Copinhos Sopa Arroz Feijao Sopa Courgette Sorvetes De Damasco Souvlaki Spaghetti Receitas Tarte Espinafres Frango Tarte Fruta Natas Tomates Forno Video Racao Humana