,

Pesquisa personalizada
User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:
Mostrando postagens com marcador receitas doce. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador receitas doce. Mostrar todas as postagens

27 de abr de 2017

Bolo de Fubá Mineiro [ Receita Tradicional da Vovó ]

Bolo de Fubá Mineiro [ receita da vovó ]

Ingredientes:
- 4 ovos em temperatura ambiente
- 1 ½ xícara (chá) de açúcar
- 1/2 xícara (chá) de óleo
- 1 xícara (chá) de farinha de trigo
- 1 xícara (chá) de fubá
- 1 xícara (chá) de leite quente
- 1 colher (sopa) de fermento em pó

- erva doce a gosto




Preaqueça
o forno a 180 graus. Peneire a farinha, o fubá e o fermento. Aqueça o
leite. Na batedeira bata os ovos inteiros com o açúcar até obter um
creme fofo e claro. Essa etapa é a mais importante! A gemada tem que
dobrar de volume para garantir um bolo fofinho. Adicione o óleo e bata
mais um pouco. Agregue os ingredientes secos e misture delicadamente.
Por último, o leite e a erva-doce. Leve ao forno em forma untada e
enfarinhada até dourar. Polvilhe canela e açúcar depois de frio.



Receita: Melhor pão sem glúten e sem lactose

O melhor pão sem glúten.

Esse pão é simplesmente maravilhoso, o
mais gostoso, prático e barato que eu já fiz. Ele é tão espetacular que o
batizei de O melhor pão sem glúten.

Receita:

. 150 g polvilho doce
. 150 g farinha de arroz
. 35 g de açúcar (2 colheres de sopa)
. 2 g, meia colher de chá de goma xantana
. meia colher de chá de sal (2 g)
. 8 g de fermento de pão instantâneo (1 colher de sopa)
. 150 ml de água
. 3 ovos inteiros
. 2 colheres de sopa de óleo



-->

$00.00
Descriptions…

22 de abr de 2017

Frutos de baru, planta nativa do cerrado vira sorvete

-->

Sorvete com sabor do cerrado

Frutos de baru, planta nativa do cerrado. Sua amêndoa, rica em proteínas e minerais, é consumida torrada e usada na fabricação de farinhas, barras de cereais, biscoitos, doces, licores e molhos. (foto: Denis A. C. Conrado)


Sorvete com sabor do cerrado
Polpa de baru, fruto brasileiro conhecido por sua amêndoa nutritiva, é usada na produção dessa iguaria gelada. Estudo feito na Unicamp deu origem também a um método mais eficiente de separação da semente e aproveitamento do fruto.
Por: Camilla Muniz


Um dos frutos do cerrado que vem conquistando mercado devido à sua nutritiva amêndoa, o baru agora pode ser também apreciado na forma de sorvete feito a partir de sua polpa. A produção da iguaria é o resultado prático da tese de doutorado do engenheiro de alimentos Bruno de Andrade Martins, que buscou desenvolver tecnologias que otimizassem a cadeia produtiva e permitissem maior aproveitamento do fruto.

A extração do baru (Dipteryx alata Vog.) – encontrado sobretudo no Centro-oeste e em parte das regiões Sudeste e Norte – é feita manualmente pelas populações nativas do cerrado. A amêndoa, rica em proteínas e minerais, é consumida torrada (o gosto se assemelha ao do amendoim) e utilizada na fabricação de farinhas, barras de cereais, biscoitos, doces, licores e molhos.

Da semente ainda é possível extrair um óleo com elevado grau de insaturação (compostos orgânicos com ligações duplas ou triplas), que tem propriedades antioxidantes e é usado para temperar saladas e aromatizar ambientes.

No entanto, a polpa, muito seca, é geralmente descartada após o rudimentar processo de corte. “As perdas na cadeia produtiva estão relacionadas à falta de tecnologia no processamento”, explica Martins. “O objetivo do estudo foi desenvolver métodos que proporcionassem maior eficiência na extração da polpa e da amêndoa para reduzir essas perdas”, conta o engenheiro.

Durante a pesquisa desenvolvida na Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Martins verificou que a polpa do baru pode ser mais facilmente removida se o fruto for hidratado com água quente.



“Após a hidratação, a polpa deve ser retirada com o auxílio de um despolpador e então conservada com a adição de açúcar e ácido. A aplicação dessa nova técnica possibilita o aumento da capacidade produtiva das amêndoas e o aproveitamento da polpa para diversos fins, como a fabricação de sorvetes”, esclarece. O engenheiro criou, ainda, um padrão de torração das amêndoas. O procedimento corrente, realizado em fornos artesanais, processa muitas sementes cruas ou queimadas, que acabam não tendo boa aceitação no mercado. O uso de torradores rotativos aliado ao controle de temperatura, tempo de torração, cor e perda de massa demonstrou que é possível conferir maior produtividade e qualidade ao processo.

Camilla Muniz
Ciência Hoje / RJ

Fonte:

http://cienciahoje.uol.com.br/revista-ch/2010/277/sorvete-com-sabor-do-cerrado

Foundue - Algumas Receitas

-->

  Foundue - Algumas Receitas


O Festival da Founde promovido pelo Grand Marquise é um sucesso! Para você que aprecia essa maravilha gastronômica vai aqui algumas receitas. Vale lembrar que cada Chef tem seu segredo... venha experimentar o nosso no Restaurante Mucuripe, todas as quintas-feiras, das 19h às 23h.

Local: Hotel Grand Marquise, Avenida Beira Mar, 3980 Fortaleza - CE
Fone: (85) 4006-5000



FONDUE EMMENTHAL 

Ingredientes
200g de emmenthal 
200g de queijo gruyère 
150ml de creme de leite 
01 copo de vinho branco seco 
01 cálice de conhaque 
pimenta do reino branca 
noz-moscada 
alho 


Modo de fazer
Picar todos os queijos em pedaços pequenos. Passas o alho no fundo da panela antes de começar a fazer o fondue. Jogar o vinho branco e o queijo fundido e mexer até derreter. Em seguida vá acrescentando os outros queijos até ficar uma pasta bem consistente. Acrescentar o conhaque e mexa bem. Se ficar muito denso, afine a consistência com um pouco mais de vinho branco. Tempere com a pimenta branca e a noz-moscada. Sirva com cubos de pão levemente torrados. 



FONDUE CRIATIVIDADE DO CHEF 

Ingredientes
01 dente de alho ao meio 
250 ml de vinho branco seco 
125 gr de queijo emmental ralado 
375 gr de queijo Serrano ralado 
02 gemas de ovos 
02 colheres de chá de maisena 
04 colheres de sopa de creme de leite 
02 colheres de sopa de conhaque 
Lingüiça e cubos de pão francês para servir 

Molho de alho
125 gr de pão branco picadinho 
02 dentes de alho 
Sal e pimenta 
250 ml de Azeite 
04 colheres de chá de suco de limão 
01 colher de sopa de vinagre de vinho branco seco 

Modo de fazer 
Esfregue o interior da panela com alho. 
Acrescente o vinho e aqueça até ferver. Aos poucos acrescente o queijo, até derreter, então bata as gemas e o creme de leite e coloque dentro. 
Numa panela pequena misture a maisena com o brandy e acrescente ao queijo e deixe cozinhar, mexendo sempre, até ficar cremoso e grosso. 
Sirva com a lingüiça e o pão




FONDUE DE CHOCOLATE 

Ingredientes
250g de chocolate ao leite 
125g de chocolate meio amargo picado 
200g de creme de leite (com soro) 
½ cálice de licor de laranja “cointreau” 

Modo de fazer
Picar o chocolate, juntar o creme de leite e o licor. Sobre o réchaud (mantendo a chama sempre baixa), fundir a mistura até que esteja homogênea e na temperatura ideal para ser degustada. Observar para que a mesma não entre em ebulição. No caso de utilização de panela de vidro, você poderá fundir a mistura no microondas, usando potência media por 02 minutos. 


Fondue Como servir e comer

-->

Fondue Como servir e comer

FONDUE
A palavra fondue é derivada do francês e significa "derreter" . Ela não é usada somente para o fondue de queijo que é derretido. Foi introduzida na gastronomia para a forma de servir as mais de 100 variedades de pratos quentes, que são preparados diretamente na mesa nos quais as porções são imersas em queijo, óleo, chocolate, geléia e uma imensa variedades de molhos salgados ou doces.
Fondue de queijo, especialidade suíça que consiste de dois queijos derretidos Emmental e Gryère, vinho branco Neuchtel, sal, pimenta e noz-moscada.
Comida rústica, ideal para um grupo de 4 a 6 pessoas e leva em média de 2 a 3 horas de serenidade para ser comido. Para facilitar o serviço, é preciso bastante espaço na mesa e é necessário que todos os acompanhamentos do prato sejam cortados em porções pequenas antes de serem servidos.
Para os fondues mais conhecidos, calcula-se em média por pessoa, sem os acompanhamentos:
     Carne 300 gramas
     Queijo 200 gramas
     Chocolate 150 gramas;
     Camarão 250 gramas.
Como servir e comer o Fondue:
Servir os molhos e os acompanhamentos são colocados no prato rústico de cerâmica que possui várias divisões. A porção já preparada é retirada cuidadosamente do garfo de fondue, colocada no prato e comida com o garfo e faca grandes. O Fondue de queijo e de fruta são levados diretamente à boca com o garfo de fondue.
Queijo: Quando o pão tiver bastante envolvido em queijo, é levado à boca com o garfo na mão direita e os acompanhamentos são comidos com o garfo e a faca grandes. Antes de colocar o queijo na panela, passar um dente de alho dentro dela com bastante força.
Carne: como a carne precisa mais tempo para fritar, é necessário que cada pessoa tenha dois garfos de fondue marcados com a mesma cor. Quando a carne fritar, será colocada no prato de cerâmica e comida junto com os acompanhamentos com o garfo e a faca grandes. (é usado um óleo vegetal com a temperatura constante de 190 . Para ele não salpicar, é colocada uma batata descascada dentro da panela)
Bebida:
É servido para acompanhar o fondue de queijo um vinho branco seco Gruner Veltiner, Neuenburger ou Waadtlander (Suíço) e para o de carne um vinho tinto seco.
Montagem da Mesa:
1.   Garfo grande do lado esquerdo;
2.   Faca grande do lado direito;
3.   Garfo de fondue de queijo ou de carne do lado direito com uma inclinação de 45;
4.   Prato rústico de fondue com divisões para os molhos e os acompanhamentos;
5.   Prato de pão, faca de manteiga e cesta com pão (exceto para o fondue de queijo);
6.   Copo de vinho branco ou tinto, 1 cm acima da faca
7.   Panela de fondue de queijo (cerâmica) ou carne (metal) com fogareiro a gás;
8.   Suficiente taças para colocar os molhos e os acompanhamentos;
9.   Pimenteiro e saleiro;
10. Guardanapo sobre o prato de pão.

3 de fev de 2017

Dia mundial do Ovo

-->

28 de jan de 2017

prato sírio

Ablama
Abobrinha recheada
Abobrinhas na coalhada
Alcachofras na Laranja
Alface com Queijo
Arroz com favas frescas e carne
Arroz com frango e amêndoas
Arroz com Lentilhas (Mjadra)
Arroz com Tâmaras
Arroz Marroquino
Arroz sírio
Arroz-doce Sírio
Ataif
Babaganouch
Baclawa
Bagos acebolados
Batata Recheada
Berinjela ao forno com grão de bico
Berinjela frita
Berinjela na Coalhada
Berinjelas com essência de romã
Biscoitos de Amêndoas
Biscoitos de Tâmaras
Bolinho de Amêndoas
Bolinho de Grão-de-Bico (Falafel)
Bolo de Açafrão
Bolo de Coalhada
Brigadeiro de nozes
Broa de leite
Burma
Cabrito recheado
Cafta ao forno
Cafta na assadeira
Cafta no espeto
Camai no espeto
Canja síria
Carneiro Argelino
Carneiro assado
Carneiro com Amêndoas
Carneiro com Batata
Carneiro com Coalhada
Carneiro com Romã
Carneiro ensopado
Carneiro Marroquino
Chacrie
Chanclich
Charutinho de folha de repolho
Charutinho de folha de uva
Charuto de Alface
Charutos de Acelga
Charutos de folha de parreira
Charutos de repolho
Chebiete
Chic barak
Compota de abricó
Cordeiro assado com batata
Costela de carneiro com Hortelã
Couscous Argelino
Couve flor com Tahine
Couve-Flor com Tãmaras
Doce de abricó cristalizado
Doce de figo
Doce de Harissi
Doce de massa folhada
Doce de mussarela folhado
Doce de Mussarela
Doce de queijo com semolina
Doce de semolina
Docinho de sementes de papoula
Enrolado de Tâmara
Ensopado de Palmito
Ensopado de Quiabo
Esfiha aberta de carne
Esfiha de coalhada dura
Esfiha de Espinafre
Esfiha de Ricota
Esfiha fechada
Esfiha folhada com carne
Eslia
Espetinho de frango com molho de tahine
Espetos de Atum
Falafel
Fataer de verduras e passas
Fatuche
Fauachete
Favas Mudamas
Frango com ameixas
Frango Marroquino
Frik
Galinha no Açafrão
Galinha recheada
Gamme e Fatti
Geléia de marmelo
Ghoraibé
Grão-de-bico com molho de gergelim
Gureibe
Herice
Homsie
Iakna
Karabij
Legumes ao Forno
Lentilha com Almôndegas
Lubi
Maamoul com Frutas Secas
Maamoul com Tâmaras
Macarum
Mamoul
Manjar Libanês
Meghli
Meluquie
Mhamasa
Michuí
Molho de Caviar
Moussaka
Mualabie
Muchabak
Mudárdara
Mufarque com carne
Mufarque
Múgli
Mugrabie
Ninho de pistache com nozes
Pão árabe
Pão Sírio
Pastéis de Tâmaras
Pastizi
Peixe com Amêndoas
Peixe com Molho de Gergelim
Peixe tagem
Peixe Taratur
Perna de carneiro com arroz e carne
Pernil de cordeiro com arroz e snoobar
Peru com frutas secas
Pudim de castanhas
Pudim de Figo Seco
Quiabo com carne
Quiabo no azeite
Quibe arnabie
Quibe cru tradicional
Quibe de bandeja com iogurte
Quibe de bandeja tradicional
Quibe de Batata
Quibe de forno
Quibe de Peixe na Bandeja
Quibe de Peixe
Quibe frito, assado e crú
Quibe Quaresmal
Sambusque
Shisbarak
Tamarie
Tomate Recheado
Torta de Amêndoas e Tâmaras
Torta de Pistache
-->

24 de dez de 2014

Como fazer o peru de Natal:

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL O recheio do peru é feito com farofa de presunto, azeitona e ovo cozido. Tome nota:


Peru de Natal - receitas de vero Dona Benta (Foto: Divulgao)(Foto: Divulgação)

Rendimento: serve de 6 a 8 pessoas
Tempo de preparo: 3 horas


Como fazer o peru de Natal:
Ingredientes:
1 peru limpo
3 xícaras (chá) de vinho branco
½ xícara (chá) de vinagre
5 dentes de alho
Sal e pimenta-do-reino (a gosto)
2 cebolas graúdas picadas
1 cenoura picada
4 folhas de louro
10 talos de salsa lisa
6 cebolinhas-verdes
1 ramo de manjerona
1 ramo de manjericão



Como fazer o recheio do peru de Natal:
Ingredientes:
Moela e fígado do peru
4 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
1 cebola graúda picada
4 tomates sem pele picados
200g de presunto picado
24 azeitonas grandes em rodelas (sem caroço)
1kg, aproximadamente, de farinha de mandioca
4 colheres (sopa) de salsa picada
2 ovos cozidos e picados

Modo de preparo:
Remova a embalagem com os miúdos. Lave a ave em água corrente e, então, faça um corte junto da mitra, enfie aí as pernas do peru, dobre as asas para trás e leve-o para uma vasilha bem grande.

Numa tigela grande, misture o vinho branco, o vinagre, o sal socado com os dentes de alho, as cebolas picadas, a cenoura picada, as folhas de louro, os talos de salsa, a cebolinha-verde, a manjerona, o manjericão e a pimenta-do-reino. Reserve.

Fure o peru por dentro e por fora, no peito, nas pernas e nas costas, com a ajuda de um garfo de cozinha. Despeje a marinada reservada sobre o peru esfregando-o muito bem. Ponha um pouco do molho no interior do peru e deixe marinando por 12 horas. De vez em quando, vire-o no molho, deixando o peito para baixo durante a noite toda.

Salpicão de peito de peru: veja a receita

Cozinhe a moela, o fígado e o coração do peru até que fiquem bem macios. Parta-os em pedacinhos e refogue-os em uma panela com a manteiga, a cebola picada bem fina e os tomates.

Depois de tudo bem refogado, acrescente o presunto picado, as azeitonas e a farinha de mandioca, obtendo uma farofa meio úmida. Retire-a do fogo, prove o sal e acrescente a salsa picadinha e pedaços dos ovos cozidos. Misture bem e reserve. Utilize para rechear o peru.

Torta de maçã da Rita Lobo perfeita para a ceia de Natal

Retire o peru do molho e leve-o para um mármore ou uma travessa grande. Enxugue-o, com um guardanapo, por dentro e por fora. Em seguida, encha a cavidade com o recheio, apertando bem e costurando a pele com linha grossa ou amarrando-a bem forte.

A seguir, limpe o peru todo com um guardanapo seco, besunte-o de manteiga ou margarina e leve-o para uma assadeira grande e funda com um pouco de óleo. Cubra, enfim, todo o peru com uma folha de papel alumínio. Coloque um pouco de óleo em cima desse papel e despeje na assadeira todo o molho que ficou na vasilha ou bacia em que pousou o peru.

Leve para o forno preaquecido. Enquanto o peru assa, regue-o de vez em quando, levantando o papel, com o molho que deve estar fervendo na assadeira. Antes de regar a carne, fure o peito e as pernas do peru com um garfo. Quando o peru estiver macio, retire o papel, e continue assando para que ele doure bem.

6 de out de 2014

Formas para Cupcake

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL As formas para Cupcake podem variar de tamanho, formato e quantidade. Algumas delas são individuais, enquanto outras comportam vários Cupcakes que podem ser assados ao mesmo tempo. Elas podem ser de alumínio ou silicone.
Ao servir, você também poderá utilizar forminhas decorativas, feitas de papel e coloridas.
Veja alguns tipos de formas de Cupcake, das mais básicas a outras que deixam sua massa com modelo especial, inclusive não sendo necessário nem cobertura para que o bolinho fique bonito como deve ser!
Forma tradicional de silicone para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / daanaleticia.blogspot.com.br)
Forma de silicone para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / picstopin.com)
Forma tradicional de alumínio para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / mariachocolate.com.br)
Forma individual de alumínio
(Foto: Reprodução / simplesmentedelicia.com)
Forma individual de alumínio
(Foto: Reprodução / objetosdedesejo.com)
Forma com formato quadrado para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / barradoce.com.br)
Forma com formato de coração para 6 cupcakes
(Foto: Reprodução / pepper.com.br)
Forma com formato de estrelas para 6 cupcakes
(Foto: Reprodução / amazon.com)
Forma com formato de estrelas para 8 cupcakes
(Foto: Reprodução / americanas.com.br)
Forma com formato de flores para 6 cupcakes
(Foto: Reprodução / pepper.com.br)
Forma com formato de flores para 6 cupcakes
(Foto: Reprodução / allshops.ro)
Forma com formato de girassóis para 6 cupcakes
(Foto: Reprodução / americanas.com.br)
Forma com formato de cupcake para 6 cupcakes
(Foto: Reprodução / inventandocomamamae.blogspot.com.br)
Forma com diversos formatos para 8 cupcakes
(Foto: Reprodução / americanas.com.br)
Forma com diversos formatos para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / papelmaisdoce.com.br)
Forma com diversos formatos para 18 cupcakes
(Foto: Reprodução / americanas.com.br)
Forma com formatos natalinos para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / papelmaisdoce.com.br)
Forma com formatos de concha para 9 cupcakes
(Foto: Reprodução / submarino.com.br)
Forma com formatos de ursinho e coração para 4 cupcakes
(Foto: Reprodução / shoptime.com.br)
Forma com formatos arredondados para 8 cupcakes
(Foto: Reprodução / submarino.com.br)
Forma com formatos cilíndricos para 8 cupcakes
(Foto: Reprodução / americanas.com.br)
Forma com diversos formatos ovais para 12 cupcakes
(Foto: Reprodução / papelmaisdoce.com.br)
Estas não são exatamente de Cupcake, mas merecem destaque também:
Forma com formato de trem
(Foto: Reprodução / objetosdedesejo.com)
Forma com formato de estádio de futebol
(Foto: Reprodução / objetosdedesejo.com)

maneira de rechear um cupcake

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL

Existem diversas maneiras para rechear um cupcake com creme, geleia ou qualquer outro tipo de recheio. O jeito mais fácil é cortar o bolinho ao meio e espalhar o recheio, como se fosse um bolo de verdade. Apesar de fácil, não dá o “look” clássico do cupcake recheado.
Outra forma um pouco mais sofisticada é colocar o recheio em um saco de confeitar com uma ponta de metal ou plástico, enfiar a ponta no centro do bolo e apertar, colocando o recheio. Este método é rápido, mas tende a deixar pouca quantidade de recheio no bolinho.

A melhor maneira de rechear um cupcake

Uma das maneiras mais eficientes é utilizando uma faca afiada. Insira a faca no cupcake já frio, de forma a retirar um pedaço em forma de cone.

Depois disso, retire o pedaço cortado e remova a extremidade pontiaguda do cone, deixando apenas a base circular (que servirá como uma tampa). O recheio será colocado no furo e deverá ser coberto pelo pedaço que você cortou.

Para rechear, você pode usar um saco de confeitar, um saco plástico com o canto cortado ou até mesmo uma colher.

Após tampar o recheio, você pode preparar a cobertura de outro sabor, ou até mesmo uma decoração diferente.
Se você ainda tem dúvidas, veja o vídeo abaixo:
 

O que é Cupcake?

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL

 fairy cake, em português bolo de fada. Entretanto, depois de se tornar famoso nos Estados Unidos ganhou o nome de cupcake (bolo de xícara), pois sua receita é feita usando xícaras como medida. Como antigamente o normal era que as receitas fossem feitas com os ingredientes medidos em peso, o nome acabou pegando. Além disso, eles eram assados em xícaras, o que fortaleceu ainda mais a ideia do nome cupcake.
Eles são bastante semelhantes aos muffins, mas se diferenciam por serem mais leves e por serem mais decorados. São tão bonitos e delicados que parecem mesmo ter sido feitos por fadas. No Brasil, os cupcakes já são presença garantidas nas festas, em especial nas infantis. São também usados como lembrancinhas de festas, batizados, nascimento, etc.
O cupcake tradicional era feito com baunilha com cobertura de fondant. Atualmente, ele já conta com diversas variações de receitas, modo de preparo e sabores. Há cupcakes simples, os com cobertura e recheio.

Receita Básica de Cupcake

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL 
Tempo de preparo: 20 minutos
Tempo de cozimento: 40 minutos
Tempo total: 1 hora
Rendimento: 24 Cupcakes
Cupcake Tradicional

Ingredientes
  • 1 colher (sopa) de baunilha - 12ml
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó - 12g
  • 220ml de leite
  • 4 ovos
  • 350 gramas de açúcar refinado
  • 220 gramas de margarina sem sal em temperatura ambiente
  • 350 gramas de farinha de trigo peneirada
  • 2 gramas de sal

Instruções
  1. Na tigela da batedeira coloque açúcar refinado e a manteiga em temperatura ambiente e bata até ficar no ponto esbranquiçado.
  2. Adicione os ovos um a um com a batedeira ligada e bata.
  3. Em outra tigela, adicione a baunilha no leite e reserve.
  4. Em outra tigela coloque a farinha de trigo sem fermento mais o fermento em pó e o sal misture.
  5. Adicione a massa do cupcake, um pouco da farinha e um pouco do leite e misture levemente.
  6. Adicione o restante da farinha e do leite.
  7. Mexa levemente e a massa estará pronta.
  8. Quando a massa ficar homogênea, é a hora de preencher as forminhas. Coloque as forminhas de papel posicionadas sobre as de alumínio e preencha até a metade com a massa.
  9. Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 25 minutos, mas verifique de tempos em tempos, pois o tempo pode depender de forno para forno.

A receita acima é a massa básica do cupcake, depois de pronto, você pode incrementá-lo com diversas coberturas e recheios. Confira algumas dicas:
Recheio: O recheio poderá ser de brigadeiro, geléia, cremes, doce de leite, etc. Para rechear basta furar o bolinho pronto, colocar o recheio e tampar com a própria massa retirada.
Cobertura: A cobertura também pode ser feita em diversos sabores, como: brigadeiro preto e branco, chantilly branco ou colorido, etc. Para finalizar poderá usar chocolate granulado, coco, confeitos coloridos, confete de chocolate, pedaços de frutas, etc.

18 de ago de 2014

Bratwurst - A Famosa Salsicha Alemã

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Bratwurst - A Famosa Salsicha Alemã

Bratwurst é uma salsicha de origem alemã, composta por carnes de porco , vaca e por vezes vitela.
O Nome em Alemão deriva da palavra composta Bratwurst , pertencente ao alto alemão antigo. A palavra Brat -  significa carne cortada em pedaços pequenos e Wurst significa Salsicha, tal como hoje.
Normalmente são grelhadas, mais por vezes também cozidas num caldo
Mais existe uma outra salsicha alemã com o mesmo nome só que feita de sangue de carne ou vaca cozido com um pouco de gordura até que atinja o ponto de coagulação. A especiaria é servida na França, Irlanda, Grã-Bretanha, Alemanha e alguns países da América Latina, como o Brasil. Lembre-se também de que, muitas vezes, o invólucro das salsichas é feito a partir dos intestinos dos animais abatidos.
De acordo com o site Gourmet, os fãs desse alimento dizem que ele possui um sabor parecido com o de uma salsicha comum. Porém, muitas vezes ele tem gosto forte e ferroso, similar ao que sentimos quando cortamos a língua ou machucamos a gengiva com fio dental.


Qual seria sua preferencia?

Um grande abraço e até a proxima.

Receita do Cockscomb Italiano ( Crista de Galo)

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Receita do Cockscomb Italiano ( Crista de Galo)

Quem disse que a Europa não tem alimentos estranhos...rsrs
O Cockscomb nada mais é e a crista do galo
Aquela parte carnuda da crista do Galo eles fazem petisco.

Abaixo segue a receita para quem quiser experimentar .

É uma receita bastante antiga, do sec. XV/XVI, Italia .
Como devem imaginar para que seja o mais fiel requer algum ritual não habitual nos nossos tempos. Esta receita é para 4 pessoas.
Arranjar 40 galos de grandes dimensões, com idade superior a doze anos de idade e no momento de cortar a cristas a sua cabeça terá que distar do chão cerca de 60 cm. Depois de cortar, remover a pele exterir e espremer. Lavar em agua corrente.
Depois de arranjadas colocar num alguidar as cristas e juntar 48 sementes de coentros e sumo de 2 limões. Depois de estar um pouco nesta marinada, levar ao lume de lenha com agua para ferver. Estará pronto quando as cristas estiverem cozidas. As cristas ficam brancas. Passar por pão ralado.

Acompanhamento:  Recortar cenoura e beterraba crua com forma de crista de galo.


Forma de servir: Dispor numa travessa intercalando as cristas de galo e as “cristas” de cenoura e beterraba. Fica muito colorida.


Esta receita foi retirada do Livro Notas de Cozinha de Leonardo da Vinci. Já agora por curiosidade a cozinha era a sua grande paixão e a pintura o seu passatempo.


Até a próxima galera

Vinho de Rato - Iguaria Chinesa cura para quase qualquer doença imaginável

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos Qual seria a substância mais nojenta que você poderia imaginar em um vinho? Tenho certeza que filhotes de rato não estão entre elas. Mas acredite que esta é uma bebida tradicional na China. Ela nada mais é do que o afogamento de ratinhos vivos com, no máximo, três dias de idade. 
Depois de fermentar por um ano,

Vinho de Rato - Iguaria Chinesa

Qual seria a substância mais nojenta que você poderia imaginar em um vinho? Tenho certeza que filhotes de rato não estão entre elas. Mas acredite que esta é uma bebida tradicional na China. Ela nada mais é do que o afogamento de ratinhos vivos com, no máximo, três dias de idade. 
Depois de fermentar por um ano, ele está pronto para ser consumido. Segundo a crença chinesa local, o vinho de rato é útil na cura para quase qualquer doença imaginável, incluindo asma e problemas no fígado, entre outras.
Eles acreditam que este vinho faz bem a saúde...um tipo de fortificante 
Tome doses diárias que você melhora sua saúde.
São vendidas até em super mercados.
Prefiro um vinho São Tomé  viu rsrsrsrs

Abraços e até a próximaele está pronto para ser consumido. Segundo a crença chinesa local, o vinho de rato é útil na cura para quase qualquer doença imaginável, incluindo asma e problemas no fígado, entre outras.
Eles acreditam que este vinho faz bem a saúde...um tipo de fortificante 
Tome doses diárias que você melhora sua saúde.
São vendidas até em super mercados.
Prefiro um vinho São Tomé  viu rsrsrsrs

Abraços e até a próxima

Hákarl - Iguaria da Islândia.

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Hákarl - Iguaria da Islândia.(Carne de Tubarão podre)

Para quem acha quem acha que já comeu de tudo nesta vida, ainda não viu nada.
O tubarão utilizado, o tubarão-da-groenlândia, é, em si, venenoso, quando se encontra fresco, produzindo efeitos semelhantes a uma embriaguez extrema, devido a uma concentração elevada de ácido úrico. Mas, pode ser consumido após cozedura em várias águas ou após ser enterrado para putrefacção durante vários meses, sendo exposto a vários ciclos de congelação e descongelação.
Possui um cheiro intenso de amoníaco, não muito diferente de muitos produtos de limpeza. É normalmente servido em cubos com um palito e consumido acompanhado por cálices da aguardente local, denominada brennivín. O consumo de hákarl é frequentemente associado a robustez e força.
Trata-se em parte de um alimento de gosto adquirido, que necessita de algum tempo para a habituação. Aconselha-se aos principiantes que tapem o nariz ao tentarem ingerir o primeiro pedaço, de forma a evitarem o surgimento de vómitos, devido ao odor intenso.
Pode possuir uma cor avermelhada ou branca. O hákarl, em especial a variedade vermelha, é considerado de digestão fácil para pessoas com úlceras.
A preparação tradicional do hákarl começa com o corte em pedaços da carne do tubarão. Em seguida, a carne é enterrada com pedras, para apodrecer entre 6 a 12 semanas, dependendo da estação, para depois ser pendurada a secar numa cabana, durante 2 a 4 meses. Durante a secagem, o tubarão desenvolve uma crosta acastanhada, que é removida antes de servir. O método moderno consiste em comprimir a carne do tubarão num contentor de plástico de grandes dimensões.
Bom resumindo.... você vai para Groelândia e come uma carne podre e fedida.
O hákarl é carne de tubarão decomposta. O tubarão fica enterrado para fermentar em seus próprios fluidos durante vários meses, em seguida, é cortado em tiras e pendurado para secar.

Alguém teria coragem?

Abraços e até a próxima.

Tacacá(Deliciosa Iguaria de Manaus)

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Receita do Tacacá(Deliciosa Iguaria de Manaus)

O Tacacá
è um tipo de sopa preparada com um caldo fino na cor amarela chamado TUCUP, no qual se coloca goma de tapioca, camarão seco e Jambú.
Serve-se em cuias bem quente com um pauzinhos tipo o Hashi japonês.

Abaixo segue a receita do Tatacá.
Ela da para 10 porções e a dificuldade é moderada.
Mais vale a pena, pois é muito bom.

Ingredientes da Receita de Tacacá

2 litros de (tucupí *)
4 dentes de alho
Chicória
Alfavaca
1 colher de chá de sal
4 pimentas de cheiro
2 maços de jambu
1/2 kg de camarão salgado (seco)
1/2 xícara de goma de mandioca
Pimenta de cheiro

Como Fazer Tacacá

Modo de Preparo:
Coloque em uma panela o tucupí, tempere com alho, chicória, alfavaca e sal, leve ao fogo e deixe levantar fervura. Baixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 30 minutos.
Cozinhe o jambu em água quente, até que os talos ficarem macios, retire, escorra e reserve.
Retire a cabeça do camarão e deixe de molho em uma vasilha com água para retirar o sal.
Ferva 4 xícaras de água com sal a gosto, dissolva a goma em uma vasilha com água fria, acrescente ao poucos na água fervendo, até ficar um mingau grosso.
Sirva em uma cuia nesta sequência: duas colher de sopa de tucupi, uma concha de goma, uma concha de tucupi, algumas folhas de jambu e 5 camarões, sal e pimenta a gosto.
Na falta da goma de mandioca pode ser usado o polvilho azedo.


Espero que gostem



* O que é Tucupi(Tucupi é um tempero e molho de cor amarela extraído da raiz da mandioca brava, que é descascada, ralada e espremida (tradicionalmente usando-se um tipiti). Depois de extraído, o caldo "descansa" para que o amido (goma) se separe do líquido (tucupi). Inicialmente venenoso devido à presença do ácido cianídrico, o líquido é cozido (processo que elimina o veneno)e fermentado, de 3 a 5 dias, podendo, então, ser usado como molho na culinária.

Carne de rato frita da Tailândia

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Carne de rato da Tailândia

Ratos são uma iguaria servida em ocasiões especiais na Tailândia
Sabe aquele roedor asqueroso do qual costumamos fugir ou então matamos sem dó? Pois o rato é um dos alimentos que vão à mesa dos tailandeses de várias maneiras. No norte do país, os locais costumam assar o bicho inteiro em uma espécie de churrasqueira improvisada e dividi-lo com os familiares e os convidados como uma iguaria muito especial – embora tenham à mão também porcos, bois e outros animais comestíveis mais comuns, eles preferem os ratos para ocasiões especiais.
Existem caçadores de ratos e sua carne pode ser vendida a U$5,00 dólares o KG.
Não se assustem com o preço que é isto mesmo, quase R$12,00 reais o KG da carne de rato...
Os ratos assados são servidos com molho extremamente apimentado e com uma tigela de arroz grudento. Quem já provou diz que o sabor da carne do rato é parecido com a do coelho.
Segundo a Larousse Gastronomique, os ratos ainda são consumidos em algumas partes da França, mas como qualquer item da culinária francesa, são preparados de maneira requintada.
No Vietnã, a procura é pelas ratazanas prenhas. Em vez da rata, os vietnamitas preferem seu fetos que, dizem, têm a carne muito mais saborosa, aumentam a virilidade e podem ser comidos crus.


Alguém tem coragem?

Um grande abraço e até a próxima

Espetinho de Escorpião da China

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Espetinho de Escorpião da China

Na parque Longtan em Pequim(China) existem barracas no qual é vendido espeto de escorpião.
Não falei errado..... é de escorpidão mesmo.
Esta é uma das iguarias que os chineses mais gostam.
Enquanto lá um espetinho de frango custa em torno de R$3,00 o de escorpião custa R$9,50.
Em si esta Iguaria não tem muita carne...
A Casquinha dele lembra a casca de camarão, mais nada haver o gosto.
Vc morde aquilo e sente o gosto de oleo velho..rsrsrsrs
Quem for para lá e ter a coragem de comer este inseto, não se preocupe.. o tipo de escorpião frito não é venenoso.
Basta só ter coragem para comer esta iguaria.

Abraços e até a proxima

Pastel da Carélia - Iguaria Filandêsa

--> Tudo o que os profissionais de beleza precisam saber sobre cabelos e cosméticos, além das novidades do mercado. nossa loja -http://ecabelos.mercadoshops.com.br/ face -https://www.facebook.com/ecabelos

Pastel da Carélia - Iguaria Filandêsa

Pastel da Carélia (ou karjalanpiirakka, em finlandês) é um pastel tradicional da culinária da Finlândia, mais concretamente da região da Carélia. Os pastéis da Carélia constituem uma denominação de origem protegida, de acordo com as normas da União Européia. Embora tenham tido origem na parte oriental da Finlândia, é possível encontrá-los em todo o país, na maior parte das pastelarias.
A massa é preparada com farinha de centeio, podendo o recheio ser confeccionado com arroz ou com batata.

A partir da massa, são produzidos discos muito finos, com cerca de 10 cm de diâmetro. Sobre estes é colocado o recheio. As extremidades são dobradas de fora para dentro em cerca de 1 cm, por forma a se obter um rebordo e um aspecto oval. Os pastéis são, depois, cozidos em forno quente. No fim, são pincelados com uma mistura de leite e manteiga, podendo ser barrados com uma mistura de ovo, manteiga (ou requeijão ) e salsa , ou até mesmo acompanhados com presunto.Existem fábricas especializadas na produção destes pastéis, de acordo com as normas estipuladas pela União Européia. Em alguns casos, a produção ascende a 40.000 pastéis por hora numa única fábrica
Quem for para este lindo pais, não pode deixar de experimentar esta iguaria.
Um grande abraço e até a próxima.

Postagens populares

Minha lista de blogs

tang

Abobora Doce Recheada Adimito Amendoas Bacalhoada Bolinho Caranguejo Bolinho Recheado Queijo Bolos Decorados Mecanico Calda Manjar Carne Receita Cerveja Creme De Maca Croqueta Frango Presunto Feito Cuscuz Marroquino Folhadinhos Rapidos Gelatina Abacaxi Hoteis Inquilinato Laranja Morangos Licor Ameixa Macas Glaceadas Massa Leitao Massas Yakisoba Menus Dia Namorados Microondas Pao Molho Requeijao Frango Molhos Especial Tender Muffins De Halloween Paelha Marisco Panquecas Ovos Pate De Caviar Pessego Receitas De Pimenta Limao Polpa Manga Receitas Castanhas Portuguesas Receitas Cheesecake Receitas Rapidas Natal Repolho Crespo Risotto Pato Saladas Vinaigrette Sobremesas De Copinhos Sopa Arroz Feijao Sopa Courgette Sorvetes De Damasco Souvlaki Spaghetti Receitas Tarte Espinafres Frango Tarte Fruta Natas Tomates Forno Video Racao Humana